Pular para o conteúdo principal

Kauffman Center for the Performing Arts, Kansas City


Vista da fachada a sudoeste
(crédito: Tim Hursley)
O Kauffman Center for the Performing Arts, um coroamento do esforço de revitalização de Kansas City, conecta o núcleo de arranha-céus do centro urbano, o distrito de artes, e o novo distrito de entretenimento, servindo como eixo cultural para a área. O projeto do Kauffman Center foi determinado pela sua localização em uma escarpa voltada para o centro histórico da cidade, que proporciona uma vista de 180 graus do horizonte, assim como a decisão de construir duas salas distintas para música, ópera, teatro e dança. Os 87 mil metros quadrados do edifício se transformarão as artes em instrumento catalisador da vitalidade social, econômico e educacional não só da cidade, mas de toda a região.
Uma concha articulada distingue cada um dos salões, o Muriel Kauffman Theatre e o Helzberg Hall, e um invólucro de vidro define o centro compartilhado dos espaços públicos, uma série de praças internas que oferecem vistas deslumbrantes de Kansas City. Os locais irão compartilhar as instalações dos bastidores, incluindo os camarins para mais de 250 artistas, bem como onze salas para ensaio e aquecimento. O Parque do Kauffman Center, com cerca de 20.000 metros quadrados, será usado para performances ao ar livre e como um espaço de reunião pública. O centro foi projetado de modo que pode acomodar uma futura expansão ao longo do lado leste do edifício.
Interior do Muriel Kauffman Theatre
(crédito: Tim Hursley)
A elevação norte do edifício, de frente para o centro da cidade, apresenta uma série de paredes em arco, revestidas em aço inox, que se elevam do chão como uma onda. De sua crista um telhado de vidro curvo desce em direção às vizinhanças de Crossroads, ao sul, em paredes de vidro de 20 metros de altura por 100 metros de largura, que fornece ao Kauffman Center’s Brandmeyer Great Hall maravilhosas com vistas panorâmicas de Kansas City. Ancorados em 27 cabos de aço tensionados, a fachada e o teto de vidro remetem a instrumentos de cordas.
Evolução das tradicionais casas de ópera européias, em forma de ferradura, o Muriel Kauffman Theatre, com seus 1.800 lugares, sediará apresentações de grupos de dança e teatro de todo o mundo e será a casa de apresentações do Kansas City Ballet e da Opera Lírica de Kansas City. A configuração de assentos, que coloca o público de frente para o palco, traz os espectadores para mais perto dos artistas do que em um local tradicional em estilo de auditório. O projeto do teatro foi aperfeiçoado por Yasuhisa Toyota da Nagata Acoustics America, para um ótimo desempenho, que trabalhou com Safdie no desenvolvimento da estratégia de acústica para as companhias residentes. Isto irá aumentar dramaticamente as possibilidades de desempenho, e enorme flexibilidade e capacidade de adaptação do espaço, tanto para apresentações mais intimistas, quanto para grandes produções.
O Helzberg Hall, com seus 1.600 assentos, sediará apresentações de música local, nacional e internacional de todos os gêneros e será a nova casa da Kansas City Symphony. A sala de concertos foi concebida dentro de um conceito de vineyard-style na configuração dos assentos. O palco se estende por aproximadamente um terço do corredor, colocando 40 por cento dos assentos ao lado ou atrás da orquestra. Isto estabelece uma experiência íntima e envolvente tanto para os artistas, quanto para o público, aumentando a sensação de uma experiência musical compartilhada.
A peça visual central do Helzberg Hall é um órgão Casavant Frères, especialmente desenhado para o local e que será um dos melhores órgãos de concertos no país.
Informações do projeto
Arquiteto: Moshe Safdie / Safdie Architects
Metragem total: 87 mil metros quadrados
Espaços principais
Muriel Kauffman Theatre: 5.700 metros quadrados
Helzberg Hall: 5.100 metros quadrados 
Brandmeyer Great Hall: 4.570 metros quadrados
Terraço para artes performáticas: 34.500 metros quadrados
Escritórios do Kauffman Center: 2.100 metros quadrados
Capacidade do estacionamento: 1.000 carros 
Instalações de bastidores: camarins para mais de 250 artistas, 11 salas de ensaios e aquecimento
Materiais:
12.200 metros quadrados de vidro
Perto de 5 toneladas de aço estrutural
23.000 metros cúbicos de concreto
876.000 quilos de gesso
27 cabos de aço, cada um com capacidade para 227.000 quilos de força

Equipe de projeto
Arquiteto associado: Bnim Architects
Acústica: Nagata Acoustics
Projeto de Teatro: Theatre Projects Consultants
Engenharia estrutural: Arup USA, inc.
Engenheiro estrutural local: Structural Engineering Associates, inc.
Projetos mecânicos/proteção contra incêndios: Arup USA, inc.
Equipe local de projetos mecânicos: WL Cassell & Associates, inc.
Gerenciamento de projeto: Land Capital Corporation
Construtora: J.E. Dunn Construction
Engenharia civil: Taliaferro and Browne, inc
Segurança: M-E engineers, inc.
Paisagismo: Reed Hilderbrand Associates, inc.
Som: Engineering Harmonics, inc.
Iluminação: Lam Partners, inc.
Fotos: Tim Hursley

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios