Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

7 dicas para transformar espaços pequenos

Com o passar do tempo, muitas pessoas têm preferido cantinhos menores para viver. Os apartamentos estão cada vez mais enxutos e, por isso, seus moradores precisam transformar o ambiente em algo funcional, mas ao mesmo tempo aconchegante e descolado. Nessa hora a criatividade deve aflorar para que você consiga decorar o seu cantinho, sem deixar de lado a praticidade e a consciência sustentável. Quer ver como isso é possível? Então confira as dicas que separamos para você. 1. Uma dica de ouro para começar a nossa lista é a respeito da cor de base, ou seja, nas paredes do ambiente. Escolha um tom claro ou cru e capriche nas cores dos acessórios, enfeites e móveis. Dessa forma, o visual fica mais fácil de ser alterado. Cores escuras passam a impressão de que o espaço é menor. 2. Apesar de ser bastante conhecido, esse toque não pode ficar de fora. Inclua espelhos no ambiente para transmitir a sensação de espaço. Além disso, objetos translúcidos, como vidros e cristais, criam pontos de luz

Casa Alface / HE Ding, WANG Wei, KONG Lingchen

© LI Minfei Arquitetos HE Ding, WANG Wei, KONG Lingchen Localização Shunyi, Pequim, China Equipe de Desenho Sustentável LIU Xin, HU Yechang, CHEN Weiran, SU Yurong, XU Zhetong, YANG Xu, YOU Wanrong Cliente Niu Jian Área 88.5 m2 Ano do projeto 2014 Fotografias LI Minfei © LI Minfei Do arquiteto. O laboratório (Sustainable Lifestyle Lab) foi criado pelo centro de pesquisa científica do Instituto de Artes e Desenho Sustentável, na Universidade de Tsinghuae, e pelo Centro de Desenvolvimento Comunitário Participativo. A moradia modular é composta por seis contêineres sobre os quais foram aplicadas uma filosofia verde, saudável e de baixa emissão de carbono, de acordo com a vida diária, para que mais pessoas entendam e possam participar dela.  Descrição do desenho Material Devido a algumas restrições, o tempo de construção deveria ser muito curto e a moradia deveria ser reciclável e eficiente. Por isso escolhemos uma moradia modular baseada em contê

CONHEÇA AS VANTAGENS DE UMA CASA ECOLÓGICA

As casas ecológicas , ainda são pouco divulgadas e construídas no Brasil, mas trata-se de uma alternativa de moradia que, além de gerar mais economia no dia a dia, provoca menos impactos ao meio ambiente, durante e depois da sua construção. Uma das principais desse lar sustentável está na escolha do material utilizado na sua construção. Os tijolos convencionais são substituídos por tijolos de solo-cimento. Um tipo de alvenaria que é seca sob o sol, ou seja, diferente dos tijolos convencionais, eles não precisam ir ao forno à lenha. Isso evita que cerca de 60 árvores sejam queimadas para a fabricação do produto. Outra vantagem dos tijolos ecológicos é que eles também garantem um conforto térmico e acústico maior que os tradicionais. Para construir uma casa ecológica, outro material que pode ser utilizado é a madeira com selo certificação de origem. Detalhe que assegura que a extração do material não degradou o solo e o ecossistema ao seu redor. A vantagem de utilizar madeir

Serão as Fazendas Verticais o futuro da arquitetura sustentável?

As Fazendas Verticais  "Asian Cairns"  (Imagem Cortesia Vincent Callebaut Architects ) Uma das vantagens de viver em uma cidade é que o ambiente urbano é de muitas maneiras mais sustentável do que nos subúrbios - o transporte de massa proporciona fácil acesso às diferentes áreas sem carros ou auto-estradas, e o denso planejamento se encaixa de forma eficiente onde tem-se mais pessoas em menos espaços. Mas a unidade de Arquitetura por excelência da cidade, o arranha-céu, nem sempre é o método mais verde de edifício. Essas fazendas Verticais são uma criação da Empresa Vincent Callebaut Architectsde com sede na França e Bélgica. Detalhe de uma Unidade -  (Imagem cortesia Vincent Callebaut Architects ) As Construções Verticais Verde são chamadas de ""Farmscraper" que é o termo que eles inventaram para um plano de seis arranha-céus, considerado "Asian Cairns," criado para a província de Shenzhen, na China. As estruturas imponentes são dividi

Novo parque urbano de Chicago construído em uma linha de trens abandonada

© The606Chicago, via Fl Em 1871, um incêndio que durou três dias destruiu grande parte de Chicago , fazendo com que nos anos seguintes um plano de reconstrução fosse desenvolvido. Este incluía obras de infraestrutura e projetos urbanos, sendo um deles a linha férrea Bloomingdale, construída em 1873 na região noroeste da cidade para o transporte de cargas e passageiros e, assim, impulsionar o desenvolvimento industrial e social nesta área. Embora tenha funcionado por quase cem anos, na década de 1980 teve um menor fluxo de trens, caindo em desuso nos anos 1990, quando outras redes de transporte começaram a absorver a demanda. Com isso, o espaço entre os trilhos começou a ser preenchido por vegetação, passando a ser visto pelos moradores de Logan Square, um dos bairros com menor quantidade de áreas verdes da cidade, como um local ideal para um parque - ideia considerada pelo Departamento de Desenvolvimento e Planejamento da cidade desde 2003.  © The606Chicago, via

5 dicas para incluir a madeira na decoração da sua casa de forma sustentável

Reaproveitar as gavetas, utilizar pallets para fazer um sofá e restaurar aquele móvel que já anda mais pra lá do que pra cá são apenas alguns exemplos de como é possível incluir a madeira na decoração de uma forma menos nociva ao meio ambiente. O portal Hypeness elaborou algumas dicas bem bacanas que podem te ajudar nessa missão: Fotos: Shelterness/Diyshowoff 1. As prateleiras de gavetas estão com tudo Reaproveitar as gavetas que sobraram de uma cômoda velha é muito fácil e está mais do que na moda. A ideia fica perfeita quando você transforma as gavetas em prateleiras cheias de estilo, que caem bem em qualquer cantinho da casa. Para dar um ar ainda mais legal, você pode forrar o interior das gavetas com tecido, adesivo ou apenas pintar com uma cor que contraste com o restante da composição. Foto: Minha casa, minha cara 2. Sofá de pallets Um sofá feito de pallets não perde nada em termos de conforto quando comparado àqueles comprados nas lojas,