Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Sustentabilidade: Como Aplicá-la em Casa?

O conceito de  sustentabilidade  está muito mais presente entre nós nos últimos anos do que desde a sua criação. As mudanças em nosso clima e a aceleração da degradação das fontes de recursos naturais cada vez mais aceleradas; trouxeram as portas de nossas casas o chamamento individual de cada ser humano para a sua responsabilidade com a salvação de nosso  planeta  e com a conservação da vida, como a conhecemos, na face de nossa linda bola azul. Isso se torna mais e mais evidente conforme as notícias de problemas provocados pelas alterações climáticas e pelo efeito estufa se multiplicam nos noticiários e, muitas vezes, quando os sentimos em nossa própria carne. Os milhares (ou milhões) de vítimas de furacões, tornados, maremotos, secas, enchentes e outros desastres de magnitude nunca vista; clamam por nossa ajuda e por socorro para aplacar sua dor e sofrimento. Mas como aplicar a sustentabilidade em casa?  Como tornar algo trivial e corriqueiro um conceito tão “etéreo” para muitos ser

Melhoria da qualidade do ar interior

Com o intuito de melhorar a qualidade da atmosfera interior da edificação, de forma a criar um ambiente mais saudável e menos emissor de poluentes foram escolhidos materiais que trazem em sua fórmula um porcentual mínimo de compostos voláteis, (substâncias nocivas a saúde e ao meio ambiente) sendo: Adesivos e Vedantes Todos os   adesivos e vedantes utilizados  não emitem   Compostos Orgânicos Voláteis (COVs). Estes compostos são normalmente percebidos pelo cheiro e são prejudiciais á saúde, sendo os principais responsáveis pela contaminação ambiental interna. Destaque para cola para revestimento usada para assentar ecopastilha em placa de reciclado de tubo de pasta de dente. Foram usados também vedacalha, prego líquido, cola espelho e “silicone”, todos livres de COV´s. Selante e Impermeabilizante Produto flexível, não derivado de petróleo é produzido à base de elastômero sintético, descartado por indústrias vidreiras. É atóxico, reflete os raios solares evitando o aquecimento da super

Redução e minimização de resíduos e Produtos reciclados

A minimização ou redução de resíduos inclui qualquer prática, ambientalmente segura, de redução na fonte, reuso ou reciclagem e recuperação de materiais e/ou do conteúdo energético dos resíduos, visando reduzir a quantidade ou volume dos resíduos a serem tratados e adequadamente dispostos. Vasos e Ânforas O Designer   Domingos Tótora, elegeu o papel reciclado como matéria prima para o seu trabalho que transita entre a arte e o design. Suas peças possuem a certificação do Instituto de Qualidade Sustentável e o processo de produção é 100% manual. Na primeira etapa o papel Kraft reciclado é desmanchado, formando uma massa de celulose à qual é adicionada cola. Em seguida as peças são moldadas e após a secagem são impermeabilizadas. Para a reprodução das peças o designer conta com a ajuda de doze artesãos. Revestimento Lepri Organic As ecopastilhas da Lepri utilizam duas tecnologias ecologicamente corretas: esmalte confeccionado a partir das cinzas geradas nas queimas de madeira de olarias

Projeto Casa ecológica - Ecoloft

Com o objetivo de divulgar práticas mais sustentáveis junto aos clientes e usuários do setor da construção, o escritório Cria Arquitetura desenvolveu o projeto para o  ECOloft na Mostra Campinas Decor 2009. O espaço de aproximadamente 100m² é uma  casa ecológica conceito  que incorpora design inteligente, tecnologias verdes, técnicas construtivas e materiais que  diminuem significativamente o impacto ambiental  causado pelas construções tradicionais e melhora a qualidade de vida cotidiana. Veja o vídeo sobre o Ecoloft Diretrizes do Projeto Uma  construção de casa ecológica / sustentável  deve levar em conta o processo no qual o projeto é concebido, quem vai usar os ambientes, quanto tempo será sua vida útil e se, depois desse tempo, ela poderá servir para outros propósitos ou não. No caso do ECOloft, por se tratar de uma  construção ecológica  que faz parte de uma Mostra de arquitetura, algumas características específicas também tiveram que ser contempladas: pouco tempo para execução;

Sistemas construtivos Sustentáveis

 TIJOLO ECOLÒGICO Bloco composto de terra, cimento e água prensados, os tijolos de solo-cimento constituem uma alternativa mais sustentável para a construção em alvenaria. Esses elementos, após pequeno período de cura,garantem resistência à compressão simples similar à dos tijolos maciços e blocos cerâmicos. Em relação a um tijolo convencional apresenta uma série de vantagens: Fabricado sem a queima, evita a emissão de CO²; Redução na duração da obra; O custo final da obra pode ser reduzido cerca de 20%; Podem, em geral, ser produzidos com o próprio solo local e no canteiro de   obras, reduzindo ou evitando o custo de transporte; A regularidade de suas formas requer   argamassa de assentamento de espessura mínima e uniforme; Podem dispensar o uso de revestimento, desde que protegidos da ação direta   da água, sendo, portando, recomendáveis para paredes com tijolos à vista; Aceita aplicação de reboco, pintura, gesso, etc, diretamente sobre o tijolo; Utilizam basicamente

Estudo diz que variações climáticas aumentam risco de guerras civis

Um estudo publicado na revista “Nature” afirma que variações do clima, como El Niño e La Niña, influenciam diretamente os conflitos que acontecem na região. Onde mais chove, segundo o estudo, mais existe a possibilidade de guerra civil. O estudo diz que os países com mais tempestades, os tropicais atingidos pelo El Niño, tem duas vezes mais chances de um conflito interno do que os mais úmidos e menos quentes – que são atingidos pelo La Niña. “O estudo mostra inegavelmente que, mesmo no nosso mundo moderno, as variações climáticas têm impacto sobre a propensão das pessoas à violência”, diz Mark Cane, pesquisador do clima do Observatório da Terra Lamont-Doherty, da Universidade de Columbia, Nova York. Mas calma, não é só por estar mais molhado que os guerrilheiros se irritam mais: Solomom Hsiang, o principal pesquisador do estudo, diz que o El Niño é um fator invisível. Por conta dele as colheitas são perdidas e as comunidades ficam famintas e mais debilitadas, com alto risco de contra

Quadros de papelão

Com um pouco de cola (não tóxica), um estilete e muitas caixas de papelão para reciclar o que seria possível fazer? Para o artista de Cleveland, Mark Langan, a resposta é fácil: Quadros! Você pode ver mais trabalhos deste artista americano conferindo no site oficial, basta clicar  aqui . Fonte: Coletivo Verde  | Imagens: Mark Langan           Via: Eco4planet

Engenhoca de estudante cria “Kers” para bicicletas

KERS, a sigla para  “Sistema de Recuperação de Energia Cinética” , famoso pelo seu recente uso na Fórmula 1, já começou a pintar em diversos carros elétricos, mas não é só em carros que ele ajuda a economizar energia. Nas bicicletas, onde você queima sua própria energia, isso vem bem a calhar. Maxwell von Stein, estudante da Cooper Union (em Nova York, EUA), fez uma bela bugiganga sustentável em sua bike: Com um volante de motor (flywheel) reciclado de um Porsche ele desenvolveu um sistema de recuperação de energia da pedalada. Conforme o ciclista pedala é possível carregar o volante e, quando for preciso utilizar uma força extra, é só colocar o “boost” que converte a velocidade do volante em torque para acelerar mais – ou para subir aquela ladeira num dia de sol. Segundo o criador, o resultado é uma economia de 10% de energia vinda dos pedais durante uma volta com velocidade média entre 20 e 25 km/h. Graças ao projeto o jovem Maxwell já ganhou um prêmio de engenharia mecânica. Parabé

Veja a maior caverna do mundo

Ela já foi esconderijo durante guerras, ninguém sabe onde fica o seu fim e tem até uma “floresta” lá dentro: Conheça a caverna Hang Son Doong pelas fotos de Carsten Peter. Hang Son Doong é, na verdade, uma galeria com mais de 150 cavernas a 500 quilômetros da capital do Vietnã, Hanoi. Só foi descoberta pela Associação Britânica de Pesquisa de Cavernas em 2009, mas os nativos já passaram algum tempo lá para fugir dos bombardeios americanos durante a Guerra do Vietnã. O lugar já tem 4,5 quilômetros conhecidos e locais com até 140 metros de altura(!) mas ninguém conseguiu ir até seu fim. Peter, que já tem 35 anos dedicados à exploração de cavernas, diz: “essa é certamente uma das (cavernas) mais únicas e incomuns que eu já vi”. Eu concordo, e você pode se deslumbrar com essas fotos do explorador. Fonte:  G1  / Imagens: Divulgação                                                                 Via: Eco4planet

Tinta invisível limpa o ar

Prédios, prédios e mais prédios. Como fica a qualidade do ar nas grandes cidades nós já sabemos: Péssima. Qual a melhor solução, além de plantarmos mais árvores? Para a fabricante de alumínio Alcoa, a melhor solução é a EcoClean, uma tinta que promete limpar o ar. A tinta é invisível, ou seja, ela não muda a cor dos prédios que a aplicarem e conta com uma camada de partículas de dióxido de titânio. Essa camada, aplicada sobre alumínio, cataliza a luz do sol e faz com que os elétrons da tinta agitem as moléculas de ar para que elas librem seus radicais livres. Isso tudo faz com que poluentes, como o óxido de nitrogênio, sejam quebrados. Craig Belnap, presidente da divisão de produtos para arquitetura da Alcoa, diz que “Uma superfície de 3 mil metros quadrados pintada com o produto equivale a 80 árvores limpando o ar. Só nos EUA existem 4,2 bilhões de metros quadrados de edificações com painéis de alumínio, se uma fração desses edifícios usasse o EcoClean, seria o equivalente a plantar

Reciclagem sem limites: Sandália de circuitos

A criatividade do ser Humano é mesmo ilimitada. Steven Rodrig é um artista, então essa obra é isso: Arte. Ninguém vai usar uma sandália feita de circuitos de computador velho – mas alguém queria usar algo assim? O artista faz vários outros objetos de arte reciclada e alguns estão a  venda aqui . Sobre as sandálias, Rodrig diz: "É verão, tempo de apresentar a Data Sandals, criada a partir de placas-mãe de PC's, fios e uma série de outros componentes eletrônicos, todos unidos para esse modelo único e detalhista de sandália." Fonte: Nosso Mundo Sustentável / I,agem: Divulgação   Via: Eco4planet

Farmácia com fachada circular e painéis perfurados por escritos em Braile chama atenção na Grécia

Imagens: P. Kokkinias O escritório grego de arquitetura KLab Architecture projetou uma farmácia diferente para Atenas, na Grécia. A fachada redonda da Farmácia Placebo foi sobreposta a um edifício octogonal já existente. O espaço entre o edifício e a nova fachada foi ocupado por plantas. Mas, o mais interessante são os desenhos que perfuram os painéis da fachada: são escritos em Braile, em alusão as embalagens farmacêuticas, que contam com esta linguagem. A perfuração também tem outro propósito: permitir a entrada de luz natural no edifício. Os dois níveis da farmácia são ligados por uma rampa que acompanha o movimento circular da planta do edifício. O piso térreo é ocupado pela área de compras da farmácia e um laboratório farmacêutico. No piso de cima estão os escritórios auxiliares. Com 600m2, a farmácia está organizada em um padrão radial, com os caixas principais atuando como ponto focal. As prateleiras de medicamentos, as áreas de preparação e banheiros também estão dispost