Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Selo Casa Saudável - Você já ouviu Falar?

Desde que me conheço por gente minha vida é pautada na consciência de ajudar ao próximo, de cuidar da minha saúde física, mental e espiritual, de cuidar das pessoas à minha volta, respeitar o próximo, cuidar do meio ambiente não agredindo o mesmo.  Sempre achei absurdo ver uma construção crescer com paredes de tijolos que após terem sido construídas, lá vinha o pedreiro quebrar a parede para fazer os caminhos onde seriam colocadas as tubulações. Isso me incomodava muito, pois que sentido havia em construir e quebrar gerando resíduos desnecessários? Não entendia! Ao conhecer o Selo Casa Saudável fiquei muito feliz em saber que finalmente haveria algo a ser feito para que um cuidado maior aconteça ao pensarmos em construir um imóvel. A OMS (Organização Mundial de Saúde), já tem estudos comprovando que muitas das doenças de hoje são causadas pelo ambiente em que as pessoas vivem, onde moram ou trabalham, e o Selo vem regular e assegurar a saúde das futuras habitações.  Co

Pesquisadora brasileira cria plástico 100% biodegradável com resíduos da agroindústria

Matéria-prima é oriunda do cúrcuma, babaçu e urucum. Pesquisas da Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto avançam e busca plástico 100% biodegradável e competitivo com o plástico comum. O resultado inicial é animador. Os testes, que reúne na fórmula resíduos agroindustriais, resultaram em um produto com qualidades técnicas e econômicas promissoras, que se degrada em no máximo 120 dias. A química Bianca Chieregato Maniglia desenvolveu filmes plásticos biodegradáveis a partir de resíduos agroindustriais de cúrcuma, babaçu e urucum. E o fato do novo material ser totalmente desenvolvido a partir de descartes da agroindústria faz toda diferença. Ao mesmo tempo, recicla resíduos e é biodegradável. A matéria-prima é oriunda de material produzido com fontes renováveis e, por isso, não se esgotam. Outra novidade é que a substância pode ser cultivada em qualquer lugar do mundo. Ao contrário, o plástico comum é feito do petróleo. Bianca Maniglia adiciona outras qualidades