Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

10 coisas para fazer com madeira de demolição

A empresa  Madeira de Demolição.com  dá algumas dicas de como se empregar este material em projetos arquitetônicos e decorativos. O CicloVivo aproveita para repassar as sugestões para a reutilização da madeira. Painéis para televisão O painel em madeira de demolição vem sendo utilizado para decorar e estilizar ambientes de maneira sofisticada e original. Boas opções são painéis em peroba rosa de demolição, que combina bem com ambientes internos. Seus tons mesclados conferem um ar especial ao espaço. Mesa de jantar O ar rústico das madeiras de jantar feitas com restos de demolição traz à lembrança a tradição das famílias grandes, unidas ao redor da mesa. É uma opção, que se encaixa em diversos projetos e dura para toda uma vida. Jardim vertical Jardins verticais e hortas orgânicas têm se tornado tendência em apartamentos bem projetados e modernos. Os projetos trazem um ar verde e saudável a ambientes requintados, que refletem o estilo de vida de pessoas antenadas à su

Arena do basquete em Londres é temporária e reciclável

A opção por estruturas recicláveis é uma alternativa plausível para tornar a recepção de grandes eventos mais acessível aos países em desenvolvimento. Foto:  London 2012 Projetos arquitetônicos planejados para os jogos olímpicos são, tradicionalmente, monumentais. No entanto, a Olimpíada de Londres preferiu ser diferente neste aspecto e parte das construções será temporária, para que possa ser reutilizada em outro local após o evento esportivo. A arena olímpica em que serão disputados os jogos de basquete é um exemplo das edificações que seguem este modelo e combinam mobilidade, leveza e o mínimo de construção possível. Apesar de ser pensado dentro desta premissa, o ginásio, projetado em conjunto por Sinclair Knight Merz, Wilkinson Eyre e KSS, mantém a beleza dos prédios definitivos. A opção por estruturas recicláveis é uma alternativa plausível para tornar a recepção de grandes eventos mais acessível aos países em desenvolvimento. As construções temporár

Rede mexicana de restaurantes inaugura unidade feita em contêineres

O projeto foi desenvolvido pelo escritório inglês de arquitetura Softroom e contou com o reaproveitamento de oito contêineres. l Foto: Divulgação   A cadeia de restaurantes mexicana Wahaca inaugurou neste mês uma loja feita a partir de contêineres. A instalação temporária está localizada no terraço do Queen Elizabeth Hall, em Londres, e contrasta com o concreto característico da arquitetura local. O projeto foi desenvolvido pelo escritório inglês de arquitetura Softroom e contou com o reaproveitamento de oito contêineres. O trabalho tem o ideal de valorizar a região, mas a opção pelo reaproveitamento do material também está muito ligada à sua praticidade e grande capacidade de armazenamento. Cada um dos ambientes foi pintado com uma cor diferente e viva. Além disso, a fachada conta com uma série de desenhos mexicanos. Os contêineres foram dispostos de maneira a oferecer conforto e uma bela paisagem aos usuários. Um dos contentores superiores foi

Saiba como fazer um jardim vertical usando pallets

Existem muitos projetos decorativos que usam pallets, da mesma forma que existem diversas opções de jardins verticais. A ideia de misturar os dois é da paisagista Fern Richardson. | Foto:  Life on the Balcony   Existem muitos projetos decorativos que usam pallets, da mesma forma que existem diversas opções de jardins verticais. A ideia de misturar os dois é da paisagista Fern Richardson, do blog  Life on the Balcony , e o CicloVivo mostra o passo a passo.  Materiais:  Um pallet, lona de jardim, lixa, grampeador e grampo, martelo e pregos, terra para envasamento e suculentas ou outras plantas. Instruções:  Lixe o pallet para que fique liso e sem farpas. Se a parte traseira de seu pallet não tiver muito apoio (às vezes você pode encontrar um, muito aberto na parte de trás), encontre alguns pedaços de madeira, com cerca de sete a dez centímetros de largura e 1/4 de espessura (ou a espessura das outras ripas) e pregue-os em seu pallet, usando dois

Casas construídas com plástico reciclado

Rio de Janeiro – O uso de garrafas PET em tapetes, bases de pufes, luminárias e sistemas de aquecimento solar já é conhecido. Pois no segmento de materiais de construção, o tal polietieleno tereftalato também vem ganhando destaque. Em Manaus, o engenheiro eletrônico Luiz Antônio Pereira Formariz começou a investir na resina, tradicionalmente usadas em embalagens de refrigerante e água mineral, para fazer telhas. Assim, fundou a empresa Telhas Leve. O custo do metro quadrado do produto é de R$ 39, duas vezes mais alto que o da telha convencional de barro, que gira em torno de R$ 19. Mas, de acordo com Formariz, devido à sua leveza, o gasto com a estrutura do telhado custa R$ 15, um quarto do preço da tradicional, que é de R$ 70 em média. As telhas de PET podem ainda ser encontradas em diferentes cores, como azul, amarela e vermelha. A marrom-cerâmica reproduz fielmente o tom das peças de barro. E a durabilidade do produto pode ser até cinco vezes maior. Além disso, Formariz destaca

Consumo Consciente - Produtos para Banheiro

Se é hora de construir ou reformar, é momento, então, de investir em equipamentos inteligentes que vão trazer benefícios para o meio ambiente e também para o seu bolso. Há, no mercado, diversos produtos eficientes, que reduzem o consumo de água, energia e nos proporciona viver em ambientes mais sustentáveis. Listamos alguns desses: Mictório sustentável O mictório seco Urimat é um produto suíço de alta qualidade, feito de policarbonato. O mictório não utiliza água ou qualquer química, o que significa uma economia de até 100 mil litros de água potável por ano. Além disso, a forma da cuba garante que o mictório seja 100% livre de respingos, protegendo as roupas e o ambiente. É possível adquirir o produto no site EcoWin .  Lavatório que reaproveita água A nova W+W é a soma de elementos indispensáveis para economizar água e espaço. Isso porque ela é capaz de filtrar a água da pia para reutilizá-la na descarga do vaso sanitário. O produto está disponível no