Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

CASA DOMO GEODÉSICO

Estruturas Arquitetônicas versáteis, baratas, eficientes energeticamente, leves e flexíveis. Estrutura de 1,5m para estudos. Estas cúpulas apresentam extraordinária resistência e leveza. A sua estrutura consiste em barras de qualquer material, e o domo pode ser feito em qualquer dimensão, desde que o tamanho das suas barras seja calculado corretamente. Sua resistência deve-se ao formato esférico e aos triângulos que compõem sua estrutura. Qualquer força aplicada no domo se distribui igualmente até sua base, assim como os arcos na engenharia e arquitetura. O inventor. A arquitectura, para Fuller , deveria ter como objectivo criar abrigos versáteis, baratos, eficientes energicamente, leves e flexíveis: máquinas de habitar, capazes de se modificar conforme as necessidades de quem as habitasse. Para alcançar esta meta, Fuller desenvolveu, como suporte teórico da sua experiência, o que chamou de “geometria energético-sinergética”. Esta base teórica envolve conceitos div

Estrutura geodésica de madeira de demolição revitaliza aldeia rural

A vila de Loutuowan, na cidade chinesa de Longquanguan, durante centenas de anos foi isolada por montanhas que a circundam. Com isso, houve um atraso no desenvolvimento econômico da aldeia e muitas famílias optaram por abandonar suas casas, muitas delas viraram ruínas. Nos últimos anos, no entanto, o governo local alocou recursos financeiros e materiais para renovar e reconstruir as casas na aldeia e ajudá-la a se livrar da pobreza. Depois de esforços incessantes, a qualidade da vida dos moradores foi melhorando gradualmente. Sobras de madeira de demolição       Durante a reforma, os moradores podiam optar por um telhado tradicional de madeira ou um telhado feito de concreto moldado no próprio local. A última solução foi a preferida pois era mais fácil de implementar e a maioria dos residentes eram idosos. Com isso, as vigas de madeira desmontadas das estruturas dos telhados foram deixadas sem uso no local. O projeto de revitalização da aldeia já previa um pe

Elegante casa de adobe capta energia solar que quase zera conta

O caldeirão cultural repleto de histórias ricas compõem Santa Fé, a capital do Novo México, nos Estados Unidos. Por lá, as construções em adobe são comuns e os moradores encontram maneiras criativas de manter certas tradições sem perder a contemporaneidade. Exemplo disso é uma casa de adobe super interessante que está à venda na cidade.    Localizada a apenas 10 minutos do centro, a casa é enorme: possui quatro quartos e quatro banheiros. Os ambientes são amplos, possuem muita madeira, lareira, tons amarronzados e neutros e alguns toques de azul. Eles combinam perfeitamente com adobe, que é uma mistura de argila, areia, água e outros componentes naturais para a criação de tijolos crus. Para um leigo em arquitetura, ao uma olhar uma foto da residência seria fácil acreditar que trata-se de uma construção instalada em algum país do Oriente Médio. Não bastasse a beleza interna, há um espaçoso pátio de entrada e uma vista para os famosos Montes Sangre de Cristo. A construção ressa

Designers criam coleção de móveis com fibra de bananeira

O sol, a natureza, a cidade. Esses elementos servem de inspiração constantemente na concepção dos móveis para áreas externas que levam a assinatura da Plantar Ideias, estúdio de arquitetura e design urbano comandado por Luciana Pitombo e Felipe Stracci. Pesquisadores ávidos por novos materiais e tecnologias, eles encontraram na fibra de bananeira e no concreto a combinação perfeita para a coleção Trópicos, recentemente apresentada na SP-Arte 2019, o maior festival de arte da América Latina.     Com linhas bem limpas, a coleção é composta por cadeiras, banquetas, módulos de estar, poltronas e mesas. “Usamos fibras ecológicas estruturadas com elásticos, o que resulta na resistência e no conforto de assento e encosto”, explica o designer e arquiteto Felipe. “Não há espuma nas peças, evitando que o móvel retenha água e molhe a roupa de quem sentar”, completa a designer e arquiteta Luciana.     Enquanto a fibra ecológica de bananeira oferece a elasticidade, o conforto e a durab

A cidade de Bruxelas e a sustentabilidade

Imagem: Anamaria Rossi Capital da Bélgica e conhecida também como a capital oficial da União Europeia, Bruxelas é uma linda cidade que, muitas vezes, acaba sendo ofuscada por sua proximidade com Paris e Amsterdã, cidades muito procuradas pelos turistas. Embora a concorrência seja grande, Bruxelas tem seus encantos, com destaque para sua arquitetura diversificada, que engloba desde construções medievais até prédios pós-modernos. A Grand-Place, localizada no centro de Bruxelas, é considerada uma das praças mais bonitas do mundo e nela é possível encontrar algumas delícias mundialmente conhecidas da região, como os chocolates, os waffles e os inúmeros tipos de cervejas. Além de todos estes diferenciais, Bruxelas também vem se destacando em outro quesito: a sustentabilidade. Bianca Debaets Durante o evento Connected Smart Cities 2016, o Blog Condomínios Verdes teve a oportunidade de conversar com a Secretária de Estado de Bruxelas, Bianca Debaets, que lhes contou algumas m

Empresa produz pratos e talheres de farelo de trigo comestíveis

Os pratos e talheres feitos de farelo de trigo são descartáveis, biodegradáveis e comestíveis. Uma empresa polonesa produz pratos e talheres a partir de farelo de trigo. Os utensílios são descartáveis, biodegradáveis e comestíveis: se a barriga estiver vazia mesmo depois de comer a refeição, coma o prato e os talheres, sem ter um problema de má digestão. O produto não deixa ninguém com fome Os produtos da Biotrem , de Varsóvia, são uma alternativa às peças descartáveis feitas de plástico ou papel, pois são compostáveis – demoram apenas 30 dias para se decompor. A fabricante já produziu mais de 10 milhões de utensílios usando uma matéria-prima abundante, presente em várias regiões do mundo, segundo o SóNotíciaBoa . Os pratos da Biotrem servem refeições quentes e frias, sólidas e líquidas. Eles podem ser usados em fornos convencionais, micro-ondas, em restaurantes e eventos ao ar livre. Os utensílios são descartáveis, biodegradáveis e comestíveis O fundado