Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Hand House: surrealismo na arquitetura

Entender uma obra de arte não é tarefa das mais simples. Nem sempre sabemos o que se passa na cabeça do autor, suas motivações e suas ideias.  Assim, conhecer os significados de uma obra como a Hand House, projeto conceitual do arquiteto grego Andreas Angelidakis , faz-nos perceber o quão grandioso é o processo de criação artístico. Angelidakis usou a  estética surrealista  para fazer uma crítica ao estilo de vida da megalópole americana Los Angeles. A Hand House é uma residência, mas não como outra qualquer: suas formas representam uma cidade em estado de paranoia, seja pela cultura de adoração às celebridades que lá vivem ou pelo medo de desastres naturais (por se situar em cima de uma falha geológica, Los Angeles sofre com frequentes terremotos). Os cômodos da casa (sala de jantar, sala de estar, cozinha, quartos) são instalados dentro de dois grandes blocos ocos de concreto fincados na encosta de uma montanha – o intuito é transformá-los em locais de escuridão e isolament

Bateria criada em Universidade pode durar 30 anos

O uso de energia renovável, como a eólica por exemplo, cresce bastante em diversos países. A grande dificuldade nesses casos é o armazenamento e distribuição desse tipo de energia. Por isso, a busca por um material que crie baterias melhores e mais duradouras não é rara entre cientistas. Pesquisadores da universidade norte americana de Stanford dizem ter encontrado um material que pode ser usado na produção baterias e promete fazer com que essas baterias em rede durem até trinta anos sem perda dramática de performance. Nos testes em laboratório, o material, que tem base de ferro e foi feito usando nanotecnologia, foi capaz de passar por mais de 40mil ciclos completos de carga e recarga e ainda manter 80% de sua capacidade. Para se ter uma base de comparação, as baterias comuns começam a perder sua capacidade depois de apenas algumas centenas de ciclos. Outro material também usado na bateria, o hexacianoferrato, promete ser duradouro e capaz de distribuir grandes quantidades d

Tempestade em Copo D’água: analisamos o vídeo pró-Belo Monte

Você deve se lembrar do vídeo produzido pelo “Movimento Gota d’água” – nós  falamos sobre ele aqui . O governo até  tentou rebater , mas de forma bem superficial. Agora um grupo de estudantes da Unicamp resolveu fazer uma filmagem similar, mas pró-Belo Monte, apontando possíveis equívocos dos contra-Usina. Veja o vídeo e vamos analisar. Seguindo razoavelmente a sequencia apresentada no vídeo, começo concordando que de fato nenhuma forma de geração de energia é 100% limpa , mas desviar o leito de um rio, escavar milhões de toneladas de terra e alagar áreas gigantescas, em meio à floresta, não é o que eu chamaria de  energia limpa . Custo Sequer entrarei no mérito de serem 19 ou 30 bilhões de reais. Nossa   analise financeira  considerou 20bi como referência (número apresentado na tabela comparativa do site oficial da construção). Sim, o dinheiro é nosso, e não era de se esperar algo diferente, afinal, nossa usina, nossa energia, nosso desenvolvimento. O que se questiona é usa

Aprenda como fazer uma técnica simples de compostagem

Imagem: Estadão   Separar o lixo que é encaminhado para a coleta seletiva é um ótimo início, mas não é a única coisa que podemos fazer para diminuir a quantidade de resíduos destinados aos aterros sanitários. A maior parte do lixo orgânico produzido em uma residência por ser reaproveitada de maneira simples e bastante útil. As cascas e talos de alimentos, folhas, flores, pó de café, saquinhos de chá e até a casca de ovo, podem ser destinados à compostagem. Apesar de o nome passar a ideia de que seja um trabalho difícil, fazer o reaproveitamento desses alimentos é bem simples e não necessita de muito espaço. A dica é viável até mesmo para quem mora em apartamento. Em entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo, a consultora ambiental da ONG Ecomarapendi, Érica Sepúlveda, explicou como passo a passo o processo de compostagem. A primeira coisa a ser feita é a separação do lixo orgânico, eles correspondem a cerca de 60% dos resíduos produzidos em uma ca

Como fazer uma horta em vasos?

Todos nós queremos uma alimentação sempre saudável. Para isso, uma horta caseira é uma excelente opção. Fazer uma horta em vasos é muito fácil, e aqui mostrarei todas as etapas. Assim, você poderá ter as suas ervas mais usadas na cozinha sempre frescas, limpas e livres de agrotóxicos . Neste artigo ensinaremos a fazer uma mini-horta em vasos, de um modo simples e descomplicado. . A escolha certa, o local onde plantar   e como manter sua horta sempre bonita vão ser passadas pra você. Escolhendo o local, o vaso, e o que plantar O primeiro passo para fazer uma horta em vasos é escolher que plantas e onde plantar. Recomendamos que você visite algumas casas de plantas da sua região antes de tomar suas decisões. As plantas precisam de luz para fazer a fotossíntese, sobreviver, e crescer. Por isso,  é essencial reservarmos um local bem iluminado para elas.  De preferência, deixe a sua horta em um local com sol direto em pelo menos parte do dia. Em apartamentos, as sacada

Movimento Gota D'Água

EU APOIO! Já assinei e agora posto aqui, para que muitos possam se inteirar do que acontece com o dinheiro que pagamos de impostos. Se você está consciente dos prejuízos que irão ocorrer em função dessa obra, apoie também. Entre no site e faça a diferença  http://www.movimentogotadagua.com.br/assinatura . Quanto mais pessoas assinarem mais chances teremos de reverter o quadro. Fonte: Movimento Gota D'Água

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios

Cultivando Ervas e Temperos

flickr_fturmog Temperos, perfumes, chás revigorantes e remédios calmantes são algumas das maneiras de empregar as ervas de cultivo doméstico - plantas em geral mais utilizadas pelos sabores, aromas ou propriedades medicinais. Se suas plantas estiverem dispostas de modo que você possa sentar-se perto delas, vai desfrutá-las com um prazer para todos os sentidos. O tamanho do jardim não é muito importante para o cultivo das ervas. Mas é grande o prazer de usar aquelas que foram cultivadas por você mesmo, em sua própria casa, com apenas algumas espécies reunidas numa bacia, jardineira, no peitoril da janela ou plantadas entre os canteiros de flores de seu jardim. Cultivando Ervas em Recipientes A maioria das ervas pode ser cultivada em recipientes menores. Se o que estiver usando for um vaso, ele deve ter de um terço a metade da altura da planta. Uma mistura adequada para colocar plantas em vaso é constituída de partes iguais de terra vegetal esterilizada e areia grossa.

Um estádio urbano para Seul

Projeto quer ajudar Seul a ser uma das top five (crédito: Divulgação) Veja a galeria Tentando contribuir para a iniciativa de transformar Seul em uma das cinco cidades do mundo com ambiente urbano mais inovador, este projeto para um estádio seria localizado nas cercanias de No-Eul Park, servindo às faculdades locais, escolas de ensino médio e comunidades adjacentes. Sua forma dinâmica e qualidades tectônicas comunicam-se com o ambiente natural da vizinhança e reforçam a necessidade por espaços públicos atraentes e versáteis. A entrada está situada no centro da estrutura, trazendo os visitantes para a estrutura secundária. Conchas estruturais ajudam a distribuir a tensão através de vários tipo de curvas, graduando cavidades que protegem o público do estádio da luz solar. Painéis triangulares seguem a curvatura do edifício, estruturando seu corpo e aprimorando os efeitos dinâmicos das conchas estruturais. Salientando a importância conceitual das qualidades polivalentes do e