Pular para o conteúdo principal

Centro Cultural Norveg Coast

Lembrando um barco a velas, edifício evoca a cultura costeira norueguesa.

As velas remetem às antigas embarcações pesqueiras
(crédito: Gudmundur Jonsson Architects)
Projetado pelo escritório Gudmundur Jonsson Architects, Norveg está situado na Comunidade de Rørvik, que tem longa tradição na pesca, representando a secular cultura norueguesa. Atualmente esta tradição é mantida por uma moderna indústria naval.
O Centro Cultural assumiu, de certa forma, o desafio de trazer visitantes para a região, garantindo a estabilidade econômica da sua própria organização. Por isto, os arquitetos perceberam que um edifício de significância seria necessário para garantir a atenção à comunidade.
Os arquitetos buscaram apreender a antiga cultura pesqueira como inspiração para o projeto. Assim, a idéia é baseada na imagem de três velas encostadas a uma nave moderna, unindo a tradição do barco à vela às modernas embarcações. O edifício representa uma evolução da história cultural costeira, visualizada na arquitetura. Um deck posterior vem no sentido de completar a interpretação desta herança naval.

O centro do casco abriga a administração, a cozinha e a central de utilidades
(crédito: Gudmundur Jonsson Architects)
O edifício tem 1,730 m². Sua organização segue os elementos arquitetônicos. O centro do navio ou do casco, abriga a administração, a cozinha e a central de utilidades. As velas cobrem o foyer, o restaurante e as exposições temporárias. A grande pedra no lado oposto, simbolizando a costa onde o navio está ancorado, contém o espaço multimídia e auditório de concertos. Por fim, o pós-convés que abriga a exposição sobre a cultura costeira, também foi projetada pelo mesmo arquiteto.
A altura entre o piso e as velas é de apenas 140 cm e isso se deve a uma interpretação dos veleiros que obriga os tripulantes a abaixarem-se para cruzar as velas. Foi, também, um artifício usado pelos arquitetos para forçar as pessoas a pararem para apreciar calmamente a vista do oceano, que só é possível, plenamente, quando se está sentado.
O visitante tem que experimentar o navio por dentro, também. A área onde estão os caixas e a recepção é inspirada na proa de um navio a apontar para o fiorde. O chão é um assoalho inspirado no convés de um navio. Pendendo do forro, um aparelho de iluminação especial foi criado para interpretar gaivotas flutuando.
O clima à beira-mar exige cuidados especiais na escolha de materiais. Por isto, optou-se pelo uso de materiais compostos de alumínio nas velas devido a sua resistência. O núcleo do navio foi construído em concreto, fundido em formas de placas horizontais para criar a ilusão de navio, tendo as paredes do deck cobertas com placas de madeira especialmente envelhecidas para lembrar os velhos barcos de madeira.
O edifício já conseguiu despertar um grande interesse fora da região de Rørvik e da parte norte da Noruega. O mais importante é que ele já conseguiu despertar o otimismo na Comunidade, puxando outros investimentos e novos edifícios.
Créditos
Projeto: Centro Cultural Norvega Coast 
Localização: Rørvik, Noruega
Arquitetura: Gudmundur Jonsson Architects 
Tipologia: Cultural

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios