Pular para o conteúdo principal

Coberturas verdes – integração com a natureza e qualidade de vida

O Brasil tem um clima ótimo para terraços com jardins, assim, pode-se explorar os espaços de sua casa, inclusive o telhado. (Imagem:Reuters)
 
Nos últimos anos, a busca por espaços verdes tem aumentado pois a população está ciente dos benefícios que isso pode trazer. Estes espaços oferecem a oportunidade de integração com a natureza e ainda ajudam a diminuir a temperatura dos edifícios, deixando-os mais frescos e fundindo a área interna com a externa.
O Brasil tem um clima ótimo para terraços com jardins, assim, pode-se explorar todos os espaços de um edifício, inclusive a cobertura. É sempre aconselhável consultar um engenheiro estrutural que irá verificar a capacidade de carga do telhado do edifício pois o acréscimo do solo, cascalho e plantas irão aumentar consideravelmente o peso sobre a estrutura, que também podem criar possíveis infiltrações.
Além dos benefícios estéticos, as coberturas verdes atendem aos seguintes objetivos: isola o edifício contra o calor e o frio; reduz a temperatura interior de seis a oito graus; reduz a poluição sonora; aumenta a quantidade de oxigênio no ar; filtra partículas transportadas pelo ar; controla o escoamento de águas pluviais, erosão, poluição e reduz o consumo energético.
Uma cobertura verde pode ser decorada com diferentes elementos. Uma ótima ideia é cultivar legumes e frutas ou tentar um bonsai. Criar estes ambientes é uma excelente maneira de aumentar o espaço de convivência em qualquer lugar. Neste local você pode se sentar e comer, as crianças podem brincar, ou podem simplesmente puxar uma cadeira e apreciar a paisagem tranquila. As plantas por si só adicionam uma pitada de cor, em alguns casos, a decoração interior pode ser focada para o terraço.
As coberturas verdes podem ser criadas em qualquer tipo de edifícios como casas, apartamentos residenciais, edifícios comerciais, indústrias, entre outros. Os requisitos básicos para que sejam construídos incluem:
Seleção de espaço: É preciso ter em mente que a área a ser selecionada para construir uma cobertura verde deverá ter uma ligeira inclinação, para que possa drenar a água facilmente e que tenha capacidade para suportar a carga. Além disso, a área deverá ser bem iluminada pela luz solar, essencial para o crescimento da folhagem.
Impermeabilização: O jardim deverá ser irrigado para manutenção de solo e plantas, portanto é preciso fazer uma impermeabilização do local onde o jardim será construído.
Manutenção: Escolha uma vegetação que não necessite de regas e podas constantes. Também pode ser instalado um sistema de gotejamento no seu jardim para garantir a longevidade. As plantas mais indicadas para os terraços ajardinados incluem plantas fibrosas por serem leves e por possuírem raízes que evitam a erosão do solo.
Por favor, não utilizar grama no telhado verde, cresce muito rápido, tem que ter poda constante, não é de longe a melhor opção.
Fonte: CicloVivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios