Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

14 de jun de 2011

Concurso de ideias para revitalização urbana dos setores centrais do plano-piloto de Brasília já tem vencedores

Competição Latino-Americana para Estudantes destacou os melhores projetos de revitalização artística e paisagística sob o conceito de "cidade verde".


Foram divulgados em 5 de junho os vencedores do Concurso Latino-Americano de Ideias para Estudantes - Brasilia +50, realizado pelo Decanato de Extensão da Universidade de Brasília (DEX-UnB) e pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU-UnB), sob organização do Instituto de Arquitetos do Brasil no Distrito Federal (IAB-DF).
 
O objetivo da competição era selecionar projetos de revitalização urbana e paisagística, sob o conceito de "cidade verde", para os setores centrais do plano-piloto de Brasília, que compreendem o Complexo da Rodoviária, projetado por Lucio Costa, em sua integração com os setores culturais, comerciais, de diversão, hoteleiros, bancários e de autarquias, assim como a Esplanada dos Ministérios.
 
Confira abaixo os projetos vencedores:
 
1º Colocados
Janaína Kuhn, Alexandre Engel Budiner Höllermann, Alessandra Palla e Laura Mottin Soares - Univates (RS) Nesse projeto, a equipe previu a eliminação das ruas que contornam as praças para tornar o fluxo mais contínuo e para separar o fluxo de automóveis e de pedestres. Além disso, os competidores propuseram o eslocamento do nível mais alto para o nível inferior, de modo a abrir mais espaço para uma praça na rua, que contaria também com espelhos d'água.
Divulgação: UnB

O projeto também prevê a criação de um nível intermediário, onde ficariam lojas, cinemas, saguão para exposições, anfiteatro e praça de alimentação. Como modo de transporte alternativo (exigido pelo concurso), os arquitetos previram um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), que seria ligado à estação de metrô já existente passando pelo Eixo Monumental.
Divulgação: UnB
Divulgação: UnB

2º ColocadosWill Figueiredo de Farias, Rodrigo Fonseca Sameshima e Felipe Miranda Rodrigues - Centro Universitário de Brasília (DF) De acordo com a equipe de participantes, o principal problema no nível superior da rodoviária é o excesso de automóveis. Para solucionar essa questão, o grupo propôs que as vias do eixo monumental fossem rebaixadas ao nível que se encontra o exio rodoviário, que também seria rebaixado, liberando novas áreas na plataforma inferior.
Divulgação: UnB

Na parte superior, o nível de faixas das vias seria reduzida, assim como o limite de velocidade. Os estacionamentos existentes seriam extintos para dar lugar a praças arborizadas e quiosques de alimentação. A equipe sugere um veículo suspenso por trilhos para o transporte alternativo, assim como a construção de ciclovias ao lado.
 
3º ColocadosGabriela Bandeira Advincula, Carolina Ramos Almeida e Maíra Oliveira Guimarães - UnB (DF) O projeto propõe primeiramente a transformação do nível superior em um parque, que serviria como ligação entre a torre de TV e a plataforma rodoviária. Além disso, o objetivo é diminuir o fluxo de veículos ao redor da rodoviária por meio da fortificação do sistema de transporte público na região. Com isso, o pedestre ganharia espaço no local, que contará com lojas, áreas de comércio informal e restaurantes.
Divulgação: UnB

Um dos principais aspectos do projeto é a transformação dos bolsões inutilizados em escolas de arte e música, evitando que esses locais se tornem áreas de prostituição e drogas durante a noite.
 
Menção HonrosaMary Carmen Rojas - Universidad José María Vargas (Venezuela) Único projeto estrangeiro citado pelos organizadores do concurso, a proposta prevê que a circulação seja ramificada por toda a área da rodoviária através de rampas que seriam construídas sobre a plataforma. Além disso, as rampas também serviriam como conexão entre o nível superior e o nível dos ônibus. Mais informações não foram disponibilizadas pela organização do concurso.
Divulgação: UnB
Fonte: PINIweb