Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

17 de jun de 2011

Estádio Beira-Rio adota iniciativas sustentáveis nas obras para conseguir o selo LEED

est�io beira-rio
O estádio Beira-Rio, do Internacional, adotou iniciativas sustentáveis como a tilização da água da chuva na irrigação do gramado/ Foto: Felipe Ribeiro
O Internacional está trabalhando nas obras do Estádio Beira-Rio para conseguir o selo LEED(Leadership in Energy and Environmental Design); o certificado que atesta se a construção é sustentável. De acordo com o jornal sulista Zero Hora, a prefeitura de Porto Alegre solicitou ao clube um relatório sobre quais medidas ecologicamente corretas serão tomadas na execução do projeto.
“Tudo o que conseguimos com sustentabilidade, quando chegamos à pontuação mínima, ganhamos um selo de certificação”, esclareceu Helio Giaretta, engenheiro responsável pelas obras.
No relatório estão citadas ações como o reaproveitamento de material, a utilização da água da chuva (na irrigação do gramado, na lavagem do estádio e nas caixas de água dos banheiros), a maior utilização do concreto nos bancos (e, consequentemente, menos estruturas de madeira) e a iluminação de parte dos campos por energia elétrica solar.
No dia 4 de janeiro, o Internacional recebeu uma licença de instalação, da Secretaria Municipal do Meio-Ambiente (Smam), que o autorizou a retirar as árvores das proximidades de onde será a cobertura das arquibancadas. Elas serão replantadas de acordo com a solicitação da prefeitura.
Andamento das obras
Apesar de precisar retirar as árvores para efetuar a obra, Giaretta afirma que isso não atrasará o seu prazo de entrega.
Ele disse que estava tudo dentro da normalidade e que o novo estádio deve ser entregue no final de 2012, para que ele já possa receber a Copa das Confederações, em 2013.
O engenheiro explicou que as instalações das arquibancadas inferiores começarão em 90 dias e a construção do estágio está dividida em quatro fases. “Quando terminarmos um, liberamos e interditamos outro.” Assim, a capacidade do Beira-Rio será aumentada gradualmente. [EcoD]