Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

30 de jun de 2011

Arquitetos reaproveitam contêineres para criar “aldeia verde” no Texas

Hive, localizada em Houston, é uma comunidade ambientalmente correta que será construída com antigos contêineres e que fará uso de energia solar e geotérmica, entre outras práticas ambientais. (Imagem:© HIVE Houston)
 
HIVE, localizada em Houston, é uma comunidade ambientalmente correta que será construída com antigos contêineres e que fará uso de energia solar e geotérmica, entre outras práticas ambientais. Os criadores esperam que seja possível replicar o modelo em outros lugares do mundo. 
A missão HIVE consiste em projetar e construir um trabalho ​​da arte acessível e habitável como uma comunidade. A meta é erguer um mini ecossistema que poderia ser ampliado ainda mais, criando um efeito cascata. 
O projeto, de uma comunidade verde, realmente parece ter sido feita por abelhas. Os módulos são empilhados em um padrão circular, com suporte para um módulo acima deles, e assim por diante, até o topo. Por causa da aparência orgânica o projeto foi rapidamente batizado de HIVE ou “colmeia”. A ideia é criar uma comunidade auto-sustentável, sendo capaz de fornecer alimentos e energia, fazendo uso da energia solar, geotérmica, reciclagem de águas residuais e desenvolvendo projetos de recuperação de água. Esta construção ecologicamente correta será aplicada em Houston, Texas. 
A aldeia sustentável proporciona todo o necessário para garantir qualidade de vida: é bela, estável, financeiramente viável, com espaços para passear, trabalhar e viver que exige o mínimo de recursos pessoal e coletivo e promove práticas ambientalmente responsáveis. 
Desenvolvendo uma sociedade aberta e reutilizando contentores de aço, os arquitetos propõem a criação de uma vila sustentável de intercâmbio cultural. Inspirado por artistas, profissionais criativos e ambientalistas, o trabalho será realizado em parcerias com indivíduos e organizações para experimentar e descobrir a próxima geração de construção responsável. 
No entanto, o fato mais interessante é que todo o projeto envolve o uso de contêineres como principal característica da construção. Ao todo, o projeto incluirá 486 unidades de contentores. 
A HIVE terá níveis interno e externo, proporcionando espaço suficiente e conforto. O primeiro nível é definido para começar, com 72 contêineres. Este último será modificado e contará com todas as comodidades básicas. O projeto também incluirá espaços para escritórios, estúdios, restaurantes, lojas, entretenimento e oportunidades residenciais. 
Projetados para pedestres e cercado por jardins, o empreendimento não terá fins lucrativos e será destinado a todos moradores de Houston, bem como um destino turístico. É o primeiro projeto do gênero previsto para a cidade, destinado a atender às necessidades da crescente população. É uma resposta a uma necessidade real para uma experiência segura e urbana, perto de transportes públicos, com grande valor estético, baixo custo e conveniência. O desenvolvimento sustentável vai ajudar a mudar a imagem da cidade norte-americana. 
Os projetistas estão trabalhando para angariar fundos para começar a adquirir os terrenos necessários para a construção em 2011. O plano é construir a vila em quatro etapas e já é possível alugar um “cubo” verde com o pagamento inicial de US $ 300 mensais. A construção final está prevista para ser concluída em 2016. 
Fonte: Ciclo Vivo