Pular para o conteúdo principal

Tetra Pak pretende duplicar níveis de reciclagem até 2020

100 bilhões de embalagens Tetra Pak serão recicladas até 2020/Foto: Divulgação

A companhia sueca de embalagens Tetra Pak apresentou a nova estratégia ambiental da empresa. Metas relacionadas a mudanças climáticas, produtos e matérias-primas sustentáveis e reciclagem foram apresentadas na última quinta-feira, 21 de abril.
Até 2020, a Tetra Pak pretende duplicar os níveis de reciclagem e manter o índice de emissões de dióxido de carbono registrados em 2010, mesmo com o previsto aumento de 5% de produção. Esse objetivo deverá alcançar uma redução de 40% nas emissões de CO2 em todos os caminhos de fabricação da empresa, tanto no tratamento, enchimento e embalagens para alimentos.
A cadeia de valor da empresa, com fornecedores e clientes, também será convidada a colaborar com a redução das emissões.
Quanto à reciclagem, a estimativa é de que 100 bilhões de embalagens usadas sejam recicladas até o final da década. O que resulta na disponibilização de todo o material para a fabricação de novos produtos para o mercado.

Centro de reciclagem da Tetra Pak vai duplicar o processo/Foto: Divulgação

Matérias-primas e produtos

Sobre as matérias-primas utilizadas, a empresa informou, no comunicado à imprensa do dia 21, que vai aumentar para 100% o uso das fibras de madeira retiradas de florestas sustentáveis.
A certificação Forest Stewardship Council (FSC) estará em todas as embalagens feitas com as fibras e o objetivo é duplicar, comparativamente a 2010, os produtos com os selos de certificação ambiental, totalizando 16 bilhões de embalagens até o fim de 2011.
Em 2012, a empresa avalia ainda que 50% das metas relacionadas a utilização das fibras sejam alcançadas. Uma outra solução encontrada pela Tetra Pak é a adoção de polietileno verde nas suas embalagens.
Por isso, a companhia sueca, presente há 50 anos no Brasil, já assinou com a Braskem, fabricante do material a partir da extração da cana-de-açúcar, para começar a fabricação de uma embalagem totalmente sustentável ainda em 2011.

Fonte: Portal EcoD

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios

Telhado de Bambu

É muito resistente quando devidamente tratado, com uma estética linda e, não se utiliza só como cobertura, mas como vedação (paredes).  Quando os bambus não são tratados, o sol e a chuva os tornam fragilizados, criando fungos e ressecamento, a durabilidade é de uns 2 ou 3 anos, dependendo da região. Mas, se souber colher no dia certo (não caruncha e dura bastante) e aplicar um spray impermeável, a duração será muito maior que três anos *Dica:  - popularmente, a lua minguante (4ºdia) é conhecida como a melhor lua para se cortar os colmos (caule) de bambu.  - Use sulfato de cobre. Fonte: Brincadeira Sustentável