Pular para o conteúdo principal

Hotel aposta na sustentabilidade como diferencial

Foto: Divulgação
Quem for descansar no Hotel Büller, em Maringá, além do relaxamento leva na bagagem de volta uma semente ambiental. É que, após a estadia, o estabelecimento entrega ao hóspede uma garrafa Pet contendo terra fertilizada e instruções sobre a reutilização da embalagem. Além disso, o hotel está construindo um viveiro de plantas para que o visitante participe do plantio no próprio local.
Os cuidados com o meio ambiente no estabelecimento não param por aí, envolvem procedimentos como redução do uso de sacos plásticos, recolhimento seletivo e reaproveitamento de lixo orgânico e inorgânico. Ainda há horta, herbário, trilha ecológica, acessibilidade para pessoas com deficiências e gerador de energia próprio.
Em uma região com mais de 200 meios de hospedagens, o Hotel Büller sempre tentou oferecer o conforto aos hóspedes com o mínimo de danos ao meio ambiente. No entanto, mesmo com piscinas, quadra de tênis e outras comodidades, a ideia de oferecer somente 20 chalés, com a capacidade para 65 hóspedes, quase comprometeu o ideal sustentável da empresa fundada em 1931.
O gerente-executivo do hotel, Rogério Bühler, afirmou que, para preservar a sobrevivência do hotel, começou a pensar em aumentar a área construída da propriedade – 25 mil m² da área total de 175 mil m², o restante é reserva ecológica.
Contudo, após realizar uma consultoria com o Sebrae, o empresário decidiu investir ainda mais na ideia e apostou na sustentabilidade como um diferencial.
Segundo ele, foram abertas novas possibilidades: construir um hotel-escola para suprir a demanda de mão de obra qualificada, sensibilizar ainda mais o hóspede para os cuidados com o meio ambiente e servir como espaço para eventos. Assim, surgiu a ideia da terra fertilizada na garrafa pet e o empresário vislumbrou que o ponto forte do hotel era a proposta de um estilo de vida e não apenas hospedagem.

Com informações da Agência Sebrae.            Via: Portal EcoD

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios