Pular para o conteúdo principal

Um teto solar de 7.000 metros quadrados

Instalação produzirá 600 MW/h por ano

Os módulos foram instalados no teto de uma cooperativa agrícola
(crédito: Divulgação)
A IBC Solar e a Maxx-solar & energie inauguraram em Thüringen, no centro geográfico da Alemanha, uma cobertura solar de 7.000 metros quadrados. O Ministro do Meio Ambiente, Juergen Reinholz, participou da inauguração da central solar, instalada no telhado da cooperativa agrícola de Grossenlupnitz.

7.000 m2 para 600.000 quilovats/hora

A Maxx-solar & energie foi responsável pela instalação dos 3000 módulos e 42 inversores, fornecidos pela IBC Solar, juntamente com duas empresas locais. O projeto foi realizado em dois meses, uma vez que foi renovado, também, o teto da cooperativa para remover o amianto.

A instalação produzirá cerca de 600.000 quilowatts-hora de energia solar por ano, o que significa uma poupança de 370 toneladas de emissões de dióxido de carbono. O sistema fotovoltaico foi concluído e conectado à rede em 2011, e terá uma tarifa de 25,86 centavos de euro por quilowatt-hora.

Thüringen tem demostrado grande interesse pela energia solar, o que indica que esta pode ser desenvolvida ainda mais. É a opinião de Dieter Ortmann, Diretor Geral da Maxx solar fotovoltaica, para quem "o potencial da região ainda não tem sido  totalmente utilizado. Este projeto demonstra de maneira muito eficiente os benefícios de usinas de energia solar dessa magnitude em nosso estado.”

Já o ministro Juergen Reinholz, ministro do Meio Ambiente do Estado Livre de Thüringen, disse que o investimento "na cooperativa agrícola é um exemplo para o estado e mostra que o foco em energias renováveis não é apenas uma tarefa política, mas também uma missão de empresas e cidadãos. Estou especialmente orgulhoso de que os parceiros regionais trabalhem juntos em um projeto marcante para a região. "
Via: Portal EA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios