Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

8 de fev de 2012

Arquitectura Moderna: Floresta Cultural em Seul


Lembra-se da paz que é poder usufruir de uma boa leitura sentado num banco de jardim onde não pode escutar os ruídos da cidade? A "Culture Forest" é o próximo projecto da cidade de Seul que pretende devolver a harmonia da natureza às actividades lúdico-culturais. Toda a arquitectura do edifício foi pensada com esse objectivo. 
A floresta abre-nos o caminho para a natureza, unindo o ar, as árvores, a água, o vento e o solo. Lá, a natureza está ligada em harmonia: todos os elementos são parte de um todo. Foi com esta ideia de equilíbrio interior que o novo centro cultural e artístico de Seul, Coreia do Sul, foi idealizado. Planeado pelos arquitectos da Unsangdong (YoonGyoo Jang, ChangHoon Shin, SungMin Kim), o "Culture Forest" será um marco, quer pela inovação, quer pela intensa relação com a natureza. 

O projecto, que ganhou o primeiro prémio num concurso para a construção de um centro cultural e artístico no centro de SeongDong-gu, uma região da capital coreana, tem sete andares, para além dos três do subsolo. Os mil metros quadradros de espaço albergarão um parque urbano dentro de um edifício para que os sul-coreanos possam gozar de eventos culturais no melhor ambiente possível. 
Abastecido de luz solar, o centro será preenchido por árvores, arbustos, bancos de jardim e lugares para relaxar enquanto se goza a panorâmica sobre a cidade. Também o teto do edifício terá uma atenção especial: um pátio ao ar livre rodeado de árvores e coberto por painéis solares para o abastecimento de energia.
Dentro de portas, o maior ponto de interesse é o Flying Theater, um auditório cor de vinho com formas geométricas que melhoram a acústica do espaço. As escadarias que rodeiam o edifício ligam todos os pisos numa longa estrada cultural observável também do exterior, e que dá uma ideia de conectividade e harmonia. Além de espaço para concertos, o centro vai oferecer uma biblioteca, salas de debate, uma área para crianças e uma programação que promove estilos de vida ecológicos e saudáveis. 
O "Culture Forest" pretende reunir actividades artísticas, lúdicas e culturas num espaço propício à comunicação, aprendizagem e descontração. A inauguração do edifício está prevista para o próximo ano.