Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

21 de dez de 2011

Pi, a casa do futuro

Projeto será apresentado no Decathlon Solar 2012

Projeto deverá gerar mais energia do que a que consome
(crédito: Divulgação)
O Grupo de Energia e Construção da Universidade de Zaragoza, Espanha, está projetando um protótipo de habitação sustentável que produz mais energia do que consome, além de não gerar resíduos.  A Casa Pi, como vem sendo chamada, será exibida na Decathlon Solar 2012, uma competição internacional em que as universidades projetam e constroem casas autossuficientes em energia.
O grupo é dirigido pelo Professor José Antonio Turégano, especialista em projetos de habitações e bairros bioclimáticos, e coordenado pelo doutorando Alejandro del Amo, que concentra seus estudos na área de energias renováveis e sua aplicação residencial. Ambos pertencem ao Grupo de Energia e Construção e têm a colaboração de uma equipe multidisciplinar de arquitetos, engenheiros, biólogos, químicos e designers da Universidade de Zaragoza, cada qual contribuindo dentro de sua área de conhecimento.
Durante a última fase da competição, que acontece de 3 a 9 de setembro de 2012 em Madri, a casa será aberta à visitação pública, enquanto se desenvolve a competição em torno dos temas que compõem o concurso: arquitetura, engenharia e construção, eficiência energética, equilíbrio de energia elétrica, conforto ambiental, operação da casa, comunicação e sensibilização social, industrialização e viabilidade de mercado, inovação e sustentabilidade. A competição terá três tipos de pontuação: por tarefas concluídas, medição in loco e avaliação do júri.
Desenho cilíndrico
A Casa Pi, que encontra-se em fase de projeto, é uma casa do tipo unifamiliar em formato cilíndrico. Esta forma foi a escolhida por permitir que se construa mais espaço interno com menor número de paredes expostas às condições climáticas.
A casa está dividida em dois pisos, com uma área de 70 metros quadrados no térreo e outra de 50 metros quadrados no piso superior. O térreo concentra as áreas habitáveis: quartos, cozinha, banheiro e sala de estar. Um pequeno quintal abrigará dois lagos para a fitodepuração, um sistema de eliminação de águas residuais através de pântanos onde se desenvolvem certas plantas aquáticas.
O primeiro andar, um grande vão livre, tem metade de seu espaço ocupado pelas instalações e a outra por um terraço coberto por um teto de placas fotovoltaicas com cerca de 10 KW de potência. Este andar orbitará a trajetória solar de maneira a captar o máximo de radiação possível, maximizando a produção de energia solar fotovoltaica.
Os criadores do Casa Pi, concebida como a habitação ecológica e sustentável para o futuro próximo, planejam instalar o protótipo na Universidade de Zaragoza, onde será utilizada como uma bancada de testes práticos para pesquisadores e empresas. 
Fonte: Portal EA