Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

4 de nov de 2011

Milão vai ter a primeira floresta vertical do mundo



O Bosco Verticale faz parte do BioMilano, projeto que pretende erguer um cinturão verde em torno da cidade italiana
(crédito: Divulgação)
A cidade de Milão, Itália, vai ter a primeira floresta vertical do mundo, a Bosco Verticale. A floresta vai estar incluída numa estrutura de 27 andares desenhada pelo arquiteto e professor Stefano Boeri e está sendo identificada como a primeira torre vertical verde a avançar além do mero conceito.
O Bosco Verticale é um sistema que otimiza, recupera e produz energia. Coberto de plantas, o edifício ajuda a balancear o microclima e a filtrar as partículas de pó do ambiente urbano milanês (Milão é uma das cidades mais poluídas da Europa).
A diversidade das plantas – e as suas características – produz umidade, absorve CO2 e as tais partículas de pó, produz oxigênio e protege o edifício da radiação e poluição atmosférica. Todas estas características melhoram a qualidade do espaço e levam à grande economia de energia por ano.

Cada apartamento do edifício terá uma varanda com árvores que se adaptam ao clima da cidade. Estas árvores irão dar sombra no verão e filtrar a poluição da cidade; no inverno, elas permitirão que a luz solar entre nas casas, uma vez que estarão desfolhadas.
A irrigação das plantas será feita através da reutilização das águas cinzas produzidas pelo edifício. Serão ainda construídos sistemas de energia fotovoltaica para promover a autosuficiência da torre milanesa.
De acordo com Boeri, este edifício responde à suburbanização das cidades e desaparecimento da natureza na vida e paisagem dos citadinos. A Bosco Verticale é a primeira proposta para erguer um cinturão verde em torno de Milão, incorporando 60 chacáras abandonadas e que serão revitalizadas para utilização comunitária. O projeto chama-se BioMilano.

  

Fonte: Portal E/A