Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

9 de nov de 2011


Horta em casa é saudável, econômico e dá prazer, então por que não plantar? 

Você já parou para pensar nos benefícios de se ter uma horta em casa? Pois se não pensou ainda, é bom pensar.
Primeiro é bom explicar que uma horta pode ser cultivada em casas e apartamentos. O problema nunca será o espaço, mas sim a sua disposição do espaço, pois para ter uma planta em casa basta um vaso.
Você já leu em algum adesivo de  carro a frase “Tá estressado? Vai pescar!”, seria bem mais sustentável um adesivo que estivesse escrito “Tá estressado? Vai cuidar da horta”.
Pequenas hortas com ervas que podem virar chá, verduras que podem virar salada ou hortaliças para temperar a comida ou incrementar uma bebida, podem ser uma grande fuga do estresse cotidiano.
A horta pode ser em um vaso grande ou em uma  jardineira, e podem ser plantadas diversas espécies no mesmo local.
Os cuidados com a horta geram um momento de concentração  e foco, com o prazer de cuidar de algo com o qual se afeiçoa, e isso faz a mente descansar.
As hortas necessitam de cuidados básicos que variam conforme o que estiver plantado. Confira algumas dicas para você iniciar sua horta agora:
Dica 1 – Escolha um recipiente que pode ser um vaso, uma jardineira ou qualquer recipiente que se adéque ao espaço, e que tenha ou possa ser feito um furo em baixo, e não esqueça de colocar um prato para segurar e trocar a água. Este prato deve ter areia para evitar a proliferação da dengue.
Dica 2 – As plantas precisam de pelo menos cinco horas de luz natural por dia, por isso, os locais ideais são os quintais, varandas ou próximo a janelas.  A luz do sol pela manhã é a melhor para as plantas.
Dica 3 – Escolha o que vai plantar, dando preferência às plantas de raiz curta, como alface, coentro, cebolinha, salsa, pimentão e couve-folha, ou até frutas de pequeno porte, como tomate-cereja e morango. Vegetais de raízes longas, como cenoura, rabanete e mandioquinha, não se adaptam bem a solos pouco profundos.
Dica 4 – Plante por meio de sementes ou mudas, que precisarão de pelo menos três regas diárias, quando a muda pegar, basta uma rega por dia.
Cultivar hortas caseiras ainda apresenta a vantagem de você produzir seu próprio alimento, o que é uma satisfação plena para quem cuida.
Então, tá esperando o quê? Monte agora sua horta.
Conheça como montar uma horta reaproveitando garrafas PET:


Fonte: Triângulo