Pular para o conteúdo principal

SUSTENTABILIDADE GERA ECONOMIA

O Condomínio Passaredo em Jacarepaguá, através de seus condôminos, implantou horta, orquidário, viveiro de mudas, compostagem, minhocário, venda de adubo e húmus, coleta seletiva e de óleo de cozinha, aulas de alfabetização e educação ambiental, no condomínio.
A longa lista de iniciativas se tornou realidade pelas mãos dos dez moradores que integram o seu Centro de Meio Ambiente. Criado em 2007, o projeto já recebeu três prêmios por suas práticas sustentáveis.

Vista do "barracão" em março de 2007

Vista da área que deu lugar a implantação da horta em março de 2007

Uma das fundadoras do grupo, Aparecida França conta que a proximidade do Passaredo com a Pedra Branca, importante área de preservação, serviu de estímulo: - O condomínio estava crescendo muito, e sentimos que os moradores não estavam valorizando o entorno.
Usamos o antigo almoxarifado para construir o centro.
Nessa época, pagávamos pela remoção dos montes de folhas e galhos. Passamos a recolher esse material, compramos um triturador e começamos a fazer a compostagem.
Hoje, nós vendemos adubo em embalagens de 20 quilos. A receita vai para o próprio centro.
Um outro projeto do grupo, a alfabetização de adultos que trabalham no Passaredo, acabou ampliando o trabalho de compostagem. Em 2009, a iniciativa rendeu ao centro um prêmio de R$ 10 mil do Secovi. Com o dinheiro, eles puderam comprar um triturador de folhas de grande porte e incrementar o processo de produção de adubo.
Também com restos coletados no condomínio, o grupo criou o viveiro de mudas.

- Nós pegamos o lixo de jardim das casas e plantas descar tadas ou doadas.
Depois, as mudas são usadas para fazer o paisagismo das áreas comuns - conta o arquiteto Ricardo França, que projetou a sede do centro. - Mais de 1.500 m² de jardins já foram cobertos assim.
A bióloga e voluntária Mônica Borobia destaca que, além dos benefícios ambientais, as práticas trazem economia para o condomínio.
Em dezembro de 2009, foi retomado o trabalho de coleta seletiva no condomínio, em parceria com uma cooperativa de catadores de Vargem Grande.
Já a coleta de óleo é feita mensalmente, por uma empresa credenciada.

- Toda semana, a cooperativa passa de porta em porta. Só não recolhe lixo orgânico e de banheiro. Para aproveitar o lixo orgânico, precisamos de estrutura maior. Quem sabe no futuro? - sugere Mônica.
Projetos em gestação é o que não falta no Centro de Meio Ambiente. O próximo a ganhar forma será o de aulas para crianças sobre a economia de recursos como água e energia elétrica.
Fonte: O Globo
Leia Mais: CMAPassaredo

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt