Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de fev de 2012

Designer húngaro cria poste que utiliza água da chuva e luz solar para gerar energia

O poste utiliza meios naturais como água da chuva e luz solar para gerar energia/Imagens:Divulgação

Embora a natureza forneça possibilidades que ajuda o ser humano a viver de forma mais sustentável, nem sempre ela é utilizada como inspiração para novas ideias. Mas o designer húngaro Adam Mikloski é um exemplo de que é possível utilizar os recursos naturais de forma consciente e criativa. Ele criou um novo modelo de poste que utiliza meios naturais como a chuva e a luz solar para gerar energia.

O novo conceito de lâmpada LED das ruas indianas foi apresentado no "Concurso de Design de Mudança para o Futuro da Índia" e foi um dos 10 finalistas na competição. O seu formato de uma folha de manga lhe rendeu o nome de "Mango".


O poste é ideal para o clima da Índia que oscila de chuvas de monções a sol forte. A forma da parte de cima da folha é plana suficiente para instalar células solares, e a outra parte de forma cônica pode drenar rapidamente a água da chuva, o que ajuda na potência das lâmpadas.

O designer quer que sua ideia, que traz uma solução ecológica para as lâmpadas de rua, sirva de inspiração para outros países.

Segundo o portal Dvice a energia solar na Índia ainda tem que se firmar, e projetos inovadores, como o Mango, que leva em conta as condições especiais da cidade indiana, pode fazer maravilhas para ajudar na infra-estrutura local assim como adaptar a população em pensar para frente.
Fonte: Portal EcoD