Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

20 de fev de 2012

Hotel aposta na sustentabilidade como diferencial

Foto: Divulgação
Quem for descansar no Hotel Büller, em Maringá, além do relaxamento leva na bagagem de volta uma semente ambiental. É que, após a estadia, o estabelecimento entrega ao hóspede uma garrafa Pet contendo terra fertilizada e instruções sobre a reutilização da embalagem. Além disso, o hotel está construindo um viveiro de plantas para que o visitante participe do plantio no próprio local.
Os cuidados com o meio ambiente no estabelecimento não param por aí, envolvem procedimentos como redução do uso de sacos plásticos, recolhimento seletivo e reaproveitamento de lixo orgânico e inorgânico. Ainda há horta, herbário, trilha ecológica, acessibilidade para pessoas com deficiências e gerador de energia próprio.
Em uma região com mais de 200 meios de hospedagens, o Hotel Büller sempre tentou oferecer o conforto aos hóspedes com o mínimo de danos ao meio ambiente. No entanto, mesmo com piscinas, quadra de tênis e outras comodidades, a ideia de oferecer somente 20 chalés, com a capacidade para 65 hóspedes, quase comprometeu o ideal sustentável da empresa fundada em 1931.
O gerente-executivo do hotel, Rogério Bühler, afirmou que, para preservar a sobrevivência do hotel, começou a pensar em aumentar a área construída da propriedade – 25 mil m² da área total de 175 mil m², o restante é reserva ecológica.
Contudo, após realizar uma consultoria com o Sebrae, o empresário decidiu investir ainda mais na ideia e apostou na sustentabilidade como um diferencial.
Segundo ele, foram abertas novas possibilidades: construir um hotel-escola para suprir a demanda de mão de obra qualificada, sensibilizar ainda mais o hóspede para os cuidados com o meio ambiente e servir como espaço para eventos. Assim, surgiu a ideia da terra fertilizada na garrafa pet e o empresário vislumbrou que o ponto forte do hotel era a proposta de um estilo de vida e não apenas hospedagem.

Com informações da Agência Sebrae.            Via: Portal EcoD