Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

18 de fev de 2012

Escolas públicas de Manaus terão formação em mudanças climáticas

Os idealizadores do projeto, Niro Higuchi e Angeline Ugarte/Foto: Semmas/Divulgação

Um projeto do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) colocou o tema mudanças climáticas na formação de alunos do ensino fundamental médio.

O piloto Projeto CO2 de Monitoramento de Carbono em Áreas Demonstrativas consiste na realização de medições do crescimento de mudas alvo de replantios e de árvores adultas que integram unidades de conservação municipais.

As atividades serão realizadas por alunos do 8º e 9º ano de escolas da Zona Norte e da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé. As árvores analisadas permitirão quantificar o volume de carbono aprisionado, ao final do período de medições.

Dessa forma, será possível informar quanto um fragmento específico de floresta realiza em termos de serviços ambientais, de forma demonstrativa. O resultado poderá ser ampliado para outras áreas.

De acordo com o idealizador do projeto e pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Niro Higuchi, a iniciativa tem como principal finalidade "possibilitar a democratização de informações relativas às mudanças climáticas que até então ficavam restritas ao meio científico".
Fonte: Portal EcoD