Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

7 de dez de 2011

Energy Globe World Award premia projeto solar no Canadá


Drake Landing Solar Community, na cidade de Okotoks, província de Alberta
(crédito: Divulgação)
O Energy Globe World Award, que anualmente homenageia projetos que fazem uso sustentável dos recursos e empregam energia alternativa, premiou o projeto Drake Landing Solar Community, na cidade de Okotoks, província de Alberta, Canadá, onde 52 casas se beneficiam de um sistema em que o calor do sol de verão é armazenado abaixo da superfície do solo.
Trata-se de um sistema único e sustentável, que permite usar o excedente coletado no verão, durante o rigoroso inverno. Isto significa cerca de 80% das necessidades energéticas de toda a comunidade.
O projeto também foi o vencedor na categoria Fogo, uma das cinco individuais também premiadas pelo Energy Globe Foundation, criada pelo empresário austríaco Wolfgang Neumann.
52 casas se beneficiam do projeto de armazenamento de calor solar
(crédito: Divulgação)
O Energy Globe atrai, anualmente, participantes de 100 países e mais de 1.000 projetos individuais.
Os outros vencedores do Energy Globe, em sua edição 2011, em diferentes categorias foram:

- Categoria Terra: The Far Eastern Federal University, em Vladivostok, na Rússia, para o desenho de uma casa de energia passiva;
- Categoria Água: Bombas de água solar desenvolvidas pela Asociación Fénix, uma ONG da Nicarágua;
- Categoria Ar: Fopram dois os vencedores nesta categoria: o porto de Gotemburgo, na Suécia, onde os navios de carga são alimentados a partir de fontes renováveis, e o outro para a rede de lojas suíça Migros, pelo uso de sistemas fotovoltaicos e gestão eficiente dos energia;
- Categoria Jovem: Chipembele Wildlife Education Trust, da Zâmbia, que trabalha em programas sobre a vida selvagem, o meio ambiente e as questões de conservação.
Fonte: Portal EA