Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

6 de dez de 2011

DOU.pt – a rede para quem ainda não “deu o que tinha a dar”


Porque jogar fora bens materiais que não precisa mais se ainda pode ser útil para outras pessoas? Esse é o lema do projeto sem fins-lucrativos DOU.pt, um site português disponibilizado pela “ESCALA – Associação para o Desenvolvimento Sustentável”, focado na oferta e procura de bens reutilizáveis.
O programa, que surgiu em fevereiro de 2011, é formado por voluntários na faixa etária entre 24 e 35 anos, das mais variadas áreas. A ideia é transformar a reutilização em uma prática comum na sociedade.
O site possui diversos departamentos como áreas de bebês, arte e entretenimento, casa e jardim, eletrônica, informática, livros, veículos e vestuário. Todos eles com diversos itens a espera de um novo dono, ou a espera de novas doações.
De acordo com os organizadores do projeto, o DOU.pt tem potencial para atingir a auto-sustentabilidade e então criar novos postos de trabalho. Sua natureza não lucrativa irá possibilitar que todas as receitas adicionais sejam reinvestidas na melhoria, expansão e divulgação do projeto.

Como funciona

No DOU.pt o interessado poderá afixar anúncios públicos de doação de seus produtos bem como manifestar interesse em receber bens colocados por outros utilizadores.
Para participar é preciso criar uma conta com um e-mail válido ao qual o interessado tenha acesso livre e regular.
Para doar basta afixar uma doação e para receber basta pesquisar as doações em curso. Assim que for feito um ou mais pedidos o doador pode escolher o receptor. As pessoas podem então se comunicar por mensagens privadas e acertar a entrega.
Quando teremos um similar no Brasil?
Fonte: EcoD                                                   Via: Eco4planet