Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

22 de mar de 2011

Primeira Ecovivenda na Espanha com precertificação LEED Ouro de sustentabilidade

APROVEITAMENTO DE ENERGIA 

O Conselho de construção Verde dos Estados Unidos, Green Building (USGBC), concedeu  no final do ano passado, a primeira  pré-certificação LEED ouro para um prédio residencial na Espanha: o Lote 5 do Distrito avançado de Toledo, elaborado pela empresa Lumo Arquitetura com assessoramento da Indra. Graças a uma combinação de soluções passivas e energias limpas, os vizinhos diminnuiram suas contas de água em 40% e em 25% nas faturas de electricidade.
São sete plantas de casas de vários tamanhos, desde estudos de apartamentos de um quarto ou dois quartos, até duplex de três quartos (o mais comum) até habitações térreas adaptadas para pessoas com mobilidade reduzida. O denominador comum entre elas é que todas elas possuem um pátio interno e um externo. Além disso, são distribuídas ao longo dos lados do triângulo exceto no lado perpendicular, e dobrando-se  ligeiramente sobre seu eixo para que ficarem o máximo de tempo expostas a incidência do sol.
As chaves para o triângulo sustentável O edifício, concebido na forma de um triângulo, ergue-se do solo para promover a ventilação cruzada e isolar o edifício da umidade do terreno. O espaço vazio criado é utilizado para  a localização de lojas comerciais, locadas no lado social do triângulo, aquele que se abre para o resto do bairro. Isso permite 70% mais de área livre para circulação entre o interior e o exterior. Seu pátio com jardineiras com plantas nativas favorecem a filtração da água da chuva e as estradas para os caminhantes.
Além disso, jogos de água e áreas verdes reduzem a temperatura na praça e, conseqüentemente, em cada casa. As laterais também não são alheias a esta explosão natural, uma vez que incluiu uma lâmina vegetal da planta que da sombra no verão e no inverno forma um corredor ensolarado no local de acesso à habitação.
Dois coletores de água de chuva e 253 painéis solares Por outro lado, Lote 5 é capaz de economizar água, através de dois coletores de chuva com capacidade de 60.000 litros no subsolo. Para reduzir os gastos com eletricidade, foram projetados 253 painéis solares no telhado que fornecem a água quente, significando 70% das necessidades totais estimadas.
Os materiais cumprem as exigências do Conselho Americano. A madeira utilizada é exclusivamente FSC (única certificada pelo Green Building), as tintas, adesivos e solventes não contêm compostos orgânicos voláteis, que evaporam durante a sua vida e são cancerígenos. O certificado LEED exige também que os materiais utilizados durante a construção sejam recicláveis. Neste caso, calcula-se que seja uma estimada de 85%. Os resíduos podem ser aproveitados no próprio empreendimento ou serem doados para outros empreendimentos ou centros de reciclagem.

Fonte: Compromisorse                                    Via: Arq-sustentable