Pular para o conteúdo principal

Primeira Ecovivenda na Espanha com precertificação LEED Ouro de sustentabilidade

APROVEITAMENTO DE ENERGIA 

O Conselho de construção Verde dos Estados Unidos, Green Building (USGBC), concedeu  no final do ano passado, a primeira  pré-certificação LEED ouro para um prédio residencial na Espanha: o Lote 5 do Distrito avançado de Toledo, elaborado pela empresa Lumo Arquitetura com assessoramento da Indra. Graças a uma combinação de soluções passivas e energias limpas, os vizinhos diminnuiram suas contas de água em 40% e em 25% nas faturas de electricidade.
São sete plantas de casas de vários tamanhos, desde estudos de apartamentos de um quarto ou dois quartos, até duplex de três quartos (o mais comum) até habitações térreas adaptadas para pessoas com mobilidade reduzida. O denominador comum entre elas é que todas elas possuem um pátio interno e um externo. Além disso, são distribuídas ao longo dos lados do triângulo exceto no lado perpendicular, e dobrando-se  ligeiramente sobre seu eixo para que ficarem o máximo de tempo expostas a incidência do sol.
As chaves para o triângulo sustentável O edifício, concebido na forma de um triângulo, ergue-se do solo para promover a ventilação cruzada e isolar o edifício da umidade do terreno. O espaço vazio criado é utilizado para  a localização de lojas comerciais, locadas no lado social do triângulo, aquele que se abre para o resto do bairro. Isso permite 70% mais de área livre para circulação entre o interior e o exterior. Seu pátio com jardineiras com plantas nativas favorecem a filtração da água da chuva e as estradas para os caminhantes.
Além disso, jogos de água e áreas verdes reduzem a temperatura na praça e, conseqüentemente, em cada casa. As laterais também não são alheias a esta explosão natural, uma vez que incluiu uma lâmina vegetal da planta que da sombra no verão e no inverno forma um corredor ensolarado no local de acesso à habitação.
Dois coletores de água de chuva e 253 painéis solares Por outro lado, Lote 5 é capaz de economizar água, através de dois coletores de chuva com capacidade de 60.000 litros no subsolo. Para reduzir os gastos com eletricidade, foram projetados 253 painéis solares no telhado que fornecem a água quente, significando 70% das necessidades totais estimadas.
Os materiais cumprem as exigências do Conselho Americano. A madeira utilizada é exclusivamente FSC (única certificada pelo Green Building), as tintas, adesivos e solventes não contêm compostos orgânicos voláteis, que evaporam durante a sua vida e são cancerígenos. O certificado LEED exige também que os materiais utilizados durante a construção sejam recicláveis. Neste caso, calcula-se que seja uma estimada de 85%. Os resíduos podem ser aproveitados no próprio empreendimento ou serem doados para outros empreendimentos ou centros de reciclagem.

Fonte: Compromisorse                                    Via: Arq-sustentable

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios