Pular para o conteúdo principal

Técnica norte-americana transforma plástico velho em novo combustível

Há mais de 2 anos atrás um japonês inventou uma máquina que transforma sacos plástico em três opções, em querosene, gasolina ou diesel. Agora os americanos estão fazendo algo semelhante. O que deveria ser feito é tornar a máquina criada pelo japonês acessível ao consumidor, mas quem vai deixar isso acontecer? Bem sabemos que ninguém, pois não será interesse para alguns. (Opinião própria) Abaixo a reportagem.

A técnica é que permite tratar qualquer plástico, mesmo que esteja muito velho e sujo. | Foto: Eastop/SXC
 
Uma empresa norte-americana apresentou, nesta semana, uma maneira inédita de reciclagem de plástico. A técnica consiste em transformar o resíduo velho em um novo combustível de alta qualidade.

A novidade foi apresentada no Salão do Meio Ambiente, Pollutec, realizado em Lyon, na França, pela empresa Agilyx, de Oregon, dos Estados Unidos. Um fato interessante da técnica é que permite tratar qualquer plástico, mesmo que esteja muito velho e sujo.

"O que nos interessa não são os plásticos que são reciclados hoje em dia, mas os plásticos que ninguém quer e que costumam acabar no lixo", explica Jon Angin, vice-presidente da empresa.

O primeiro passo é triturar o plástico, em seguida, ele é colocado em um grande "cartucho", que é aquecido para se transformar em gás, e depois volta a ser esfriado na água. O petróleo resultante é separado ao emergir a superfície.

Através desse processo, cerca de 80% do peso original é transformado em petróleo cru. A composição fica pronta para ser refinada, assim como as substâncias comuns. O resto da matéria é dividido em gás e sobra ainda um resíduo final que equivale a menos de 10% do total.

A tecnologia da empresa, que possui apenas 60 funcionários, atraiu a atenção de vários setores da indústria. Entre eles, uma grande companhia norte-americana de resíduos, Waste Management, e uma gigante do ramo petroleiro da França.

O vice-presidente da Agilyx ressalta que uma instalação na Europa seria muito viável, uma vez que o continente possui menos espaços para dedicar a lixões, em relação aos Estados Unidos ou Canadá. Com informações do iG.

Via: CicloVivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios