Pular para o conteúdo principal

Saiba o que deve e o que não deve ir para a composteira



untitled-4.jpg
Foto: Fora do Eixo

O lixo é um problema mundial e, com o gradativo aumento da população mundial, é preciso achar soluções cada vez mais capilarizadas para ele. Separar e reciclar o que é possível e reutilizar aquilo que consumimos viraram questões básicas e fazem parte da melhor solução individual para reduzir os impactos humanos no meio ambiente. Por isso, fazer a compostagem do material orgânico é uma ótima saída para reduzir a quantidade de lixo que produzimos, afinal, trata-se de um processo natural de decomposição que conta com o auxílio de minhocas para transformar as sobras de comida em adubo de primeira qualidade.

Quem usa composteira em casa precisa ficar atento ao que ela realmente é: uma casa de minhocas que transforma lixo natural em adubo. Por isso, nem tudo que estragou na geladeira ou sobrou do suco pode ser adicionado dentro daquele ambiente.

Existem diversos modelos de composteiras à venda pela internet ou em casas especializadas. Também é possível fazer sua própria composteira, como demonstra o vídeo acima. A partir do momento que você já tiver uma delas, deve ficar atento ao que pode e o ao que não pode ser compostado.

O que DEVE ir:
Restos de alimentos, como verduras, cascas e talos (podem se converter em excelentes fontes de nitrogênio);
Resíduos frescos, como podas de grama e folhas (possuem alta concentração de nitrogênio);
Serragem (não tratada - sem verniz) e folhas secas (ajudam no equilíbrio, são ricos em carbono e evitam o aparecimento de animais indesejados e do mau cheiro);
Alimentos cozidos ou assados (podem ser usados desde que em pequenas quantidades. É preciso evitar o excesso de sal e conservantes dos alimentos processados. Esse tipo de material não pode estar úmido, por isso se deve adicionar bastante pó de serra em cima dos restos);
Estercos de boi, de porco e de galinha (apenas se tiverem sido curtidos).

Utilizando 70% de resíduos ricos em carbono e apenas 30% ricos em nitrogênio temos uma fórmula equilibrada. Uma boa solução é separar um espaço em que os resíduos frescos possam secar antes de serem usados, gerando uma boa economia, pois se não houver serragem, os resíduos secos são excelentes substitutos. Outra dica tem a ver com a borra de café. Ela é uma grande aliada, pois inibe o aparecimento das formigas e é um excelente complemento nutricional para as minhocas. Vale adicionar o filtro de papel também à sua composteira.

O que NÃO DEVE ir:
Frutas cítricas (precisam de cuidado redobrado. Tanto a polpa quanto as cascas podem alterar o PH da terra;
Alho e cebola (também causam alterações no minhocário);
Fezes de gatos e cachorros;
Carnes, gorduras e laticínios (a decomposição é muito lenta e tais alimentos atraem animais indesejáveis).

Veja o vídeo sobre composteira:

ecycle.jpg
Produzido por eCycle
A eCycle é uma marca que tem origem no interesse pelas relações de consumo 
desenvolvidas entre indivíduos e empresas, sejam fabricantes de produtos ou prestadoras de serviços, e seus efeitos sobre a sociedade e o meio ambiente.


Via: Portal EcoD

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt