Pular para o conteúdo principal

Arquiteto de Londres vence concurso Parque Olímpico



                                                                           

O projeto do escritório global Aecom assinado pelo arquiteto norte-americano William Hanway em parceira com o arquiteto brasileiro Daniel Gusmão, do ecritório DG Arquitetura e Planejamento, foi anunciado como vencedor do concurso internacional do Parque Olímpico dos Jogos de 2016. Bill é o representante do escritório em Londres (onde acontecem as próximas Olimpíadas) - de onde mandou o projeto - e é formado pela Escola de Design de Harvard.


A Aecom é uma fornecedora global de serviços de engenharia e consultoria técnica, e, além de já ter em seu portfólio alguns projetos para os jogos Olímpicos de Londres, já estava sondando as oportunidades de projetos para os jogos brasileiros desde 2012.

O segundo lugar da competição ficou com o arquiteto Ron Turner, da Califórnia – associado aos escritórios brasileiro CDC (Coutinho, Diegues e Cordeiro) e MPG (Miguel Pinto Guimarães) –; e a terceira colocação com Tomás Almeida Fernandes Salgado, de Portugal. Ao todo, foram inscritos 58 trabalhos no concurso, sendo que 41 eram de profissionais estrangeiros.

Entre os membros da comissão julgadora estavam Gabriel Durand-Hollis, EUA (representante da UIA), Luis Millet, da Espanha, Nuno Portas, de Portugal, e o brasileiro Flávio Ferreira (representantes do IAB), John Baker, da Austrália (representante do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016), o Secretário Municipal de Urbanismo do Rio de Janeiro Sergio Dias (representante da Prefeitura do Rio) e Jorge Wilheim (representante do Governo Federal). 

Inicialmente programado para ser divulgado em 13 de julho, o anúncio foi adiado para 15 de agosto, e, posteriormente, para hoje, 19 de agosto. Neste meio tempo, o arquiteto João Pedro Backheuser, que era o coordenador do concurso e venceu o Concurso Nacional Porto Olímpico, se desligou da Coordenação do Concurso Parque Olímpico alegando motivos pessoais - embora tenham pipocado alguns recursos no IAB-RJ contra a legibilidade do concurso nacional.

O Parque Olímpico tem uma área de 1.180.000 m² e vai abrigar disputas de 15 modalidades olímpicas e 11 paraolímpicas. Além dos equipamentos já existentes – como o Parque Aquático Maria Lenk, a Arena do Rio e o Velódromo –, o projeto prevê a implantação de equipamentos temporários (como centro de hóquei, quadras de tênis, vila dos patrocinadores), equipamentos permanentes (laboratório de ciência e esporte; pista de atletismo, pavilhão olímpico, centro de mídia e hotel, empreendimentos residenciais, comerciais e de lazer), além da preservação do sistema de áreas verdes.
Fonte: Arqbacana

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt