Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

29 de dez de 2012

Sueco desenvolve plataforma flutuante abastecida por energia solar



Especializado em projetos de obras sustentáveis, o escritório Kenjo construiu, na Suécia, uma plataforma flutuante movida a energia solar. A cabine possui placas fotovoltaicas no telhado e um sistema de acesso à água potável.

Tudo começou num seriado de arquitetura veiculado em um canal sueco: os irmãos Sandell, participantes do programa, decidiram aumentar o tamanho da casa em que vivem, localizada às margens de um lago em Muskö, na Suécia. O objetivo da dupla era aproveitar ao máximo a interação do lar com a natureza, além de aumentar o espaço da residência.

O projeto, elaborado pelo escritório de arquitetura Kenjo, ganhou destaque por explorar recursos simples e sustentáveis: a estrutura tem uma cabine posicionada sobre uma plataforma, que se desloca pelo lago, utilizando, como combustível, a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos instalados em seu telhado. Além disso, os raios de sol também abastecem a iluminação e o sistema de som da casa flutuante.

Não apenas o circuito elétrico da plataforma flutuante é sustentável, como também os materiais utilizados na construção da estrutura. Para erguer as paredes da casa da família Sandell, os arquitetos apostaram em uma madeira extraída de uma árvore local, que, segundo eles, é um recurso renovável. A cabine flutuante também conta com janelas de energia eficiente, responsáveis pelo aproveitamento máximo da luz solar no espaço interno da estrutura.

O interior da cabine desenvolvida pelos arquitetos é baseado em uma sala de estar, com móveis simples e iluminação em LED. Na parte externa da plataforma, foram instaladas cadeiras, almofadas e vasos de plantas, além de uma escada para os mais corajosos, que se aventurarem a dar um mergulho no gelado lago sueco.Com informações do InHabitat.

Via:  CicloVivo