Pular para o conteúdo principal

SUSTENTABILIDADE EM CONSTRUÇÕES CIVIS


Sustentabilidade em construções civis é a mais nova e promissora forma de construir sem agredir o meio ambiente.

A utilização de matérias ecológicas e tecnologias, voltadas para a redução de agentes poluentes, o uso racional da água e da eletricidade são as principais ações voltadas para a sustentabilidade.

Os primeiros passos rumo à sustentabilidade em construção civil teve início com estudos sobre o desenvolvimento ecológico. Esses projetos foram idealizados na Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo, na Suécia, em 1972.

Ao longo das décadas seguintes novos conceitos foram criados e, mais tarde, aprimorados. Atualmente a prioridade é conscientizar a todos sobre a importância do desenvolvimento sustentável, demonstrando na prática que é possível suprir todas as necessidades dos povos sem esgotar as reservas naturais, preservando assim o ecossistema.

Contudo, a construção sustentável deve valer-se de todos os recursos naturais disponíveis como a iluminação natural, a captação e o aproveitamento das águas da chuva. Além de reservar espaços apropriados para a coleta seletiva de lixo.

Para isso, recomenda-se a utilização de produtos a base de água e dos totalmente sólidos, pois eles são os mais apropriados pelo fato de não emitir gases poluentes quando em contato com o oxigênio.

Outras precauções para diminuir aos danos ambientais são o uso de tintas sem solventes, a redução no consumo de água com a criação de poços artesianos e o uso da energia solar.

O conjunto dessas atitudes sustentáveis permite que a construção civil colabore de forma significativa na preservação ambiental.

Em algumas cidades os restos de obras estão sendo reaproveitados em outras construções gerando maior economia e deixando menos entulho em áreas verdes.

O fato é que cada vez mais surgem empresas dispostas a adotar a sustentabilidade como meta e prioridade em suas obras.

Programa Casa Sul - Sustentabilidade em Construções Civis


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios