Pular para o conteúdo principal

5 inovações sustentáveis para driblar a falta de água


Os níveis dos reservatórios de água cada vez mais baixos vem se tornando uma grande preocupação no Brasil, principalmente nos estados do sul e do sudeste, em que a falta das chuvas já traz impactos negativos para a economia e à população. Na região norte do país, são as chuvas torrenciais que abalam as estruturas e prejudicam a distribuição de alimentos e água para a população. Nos dois cenários, as mudanças climáticas revelam preocupantes cenários. Separamos, então, cinco soluções inovadoras criadas no mundo para driblar a falta do recurso fundamental à sobrevivência dos seres humanos.


Criado na Suíça, o canudo LifeStraw (em português, “Canudo da Vida”) elimina os elementos nocivos à saúde encontrados na água contaminada, como propriedades poluidoras, bactérias e vírus. O tubo de plástico é bem mais grosso que um canudinho convencional e possui um potente sistema de filtragem, que pode ser usado para limpar até 700 litros de água – quantidade média consumida anualmente por cada pessoa.


Criada pela Unicef, esta máquina seria bem adequada para os dias de calor, pois aproveita a transpiração encontrada nas roupas para gerar água própria para consumo. Primeiro, o equipamento elimina as enzimas das peças de vestuário por meio de uma secadora, que gira e espreme as roupas usadas até concentrar a quantidade desejada do líquido. Depois, o suor retirado das roupas é aquecido, evapora e passa por filtros especiais, responsáveis por eliminar sais, bactérias e outras propriedades indesejáveis encontradas na excreção corporal. Em sua forma líquida, o resíduo passa por um sistema caseiro – semelhante a um filtro de café – capaz de remover as fibras dos tecidos, e pronto: o suor se converte em água própria para consumo.

Foto: Divulgação

Criada na Coreia do Sul, a garrafa Puri converte a água do mar em água potável por meio de um sistema bem simples: o usuário só precisa bombear um dispositivo e direcionar a água salgada para a câmara de filtragem da garrafa, responsável pela pressurização. Por meio do processo, o líquido é dessalinizado e enviado a uma câmara interna de armazenamento de água potável. A garrafa ainda é um protótipo e não tem data para ser comercializada, mas a intenção é transformá-la numa opção de sobrevivência em alto mar.


Lima, no Peru, ganhou um outdoor especial que possui um sistema capaz de absorver as partículas de água presentes na atmosfera. O equipamento filtra o líquido adquirido, para que a água fique própria para consumo. Instalada durante uma campanha no ano passado, a estrutura contou com um tanque capaz de armazenar mais de 95 mil litros de água, distribuídos para as pessoas por meio de uma torneira inserida na base da placa de propagandas. Embora esteja localizada no deserto do Atacama, a capital do Peru é uma das cidades que registram os maiores índices de umidade do ar.


A cientista britânica Leigh Cassidy elaborou um filtro de água a partir das sobras da produção do uísque. Capaz de eliminar até substâncias pesadas, como o arsênico, o aparelho recebeu o nome de DRAM e pode se tornar uma das soluções mais viáveis para a poluição de água em várias partes do mundo. A intenção é comercializar o produto por preços baixos, sobretudo para as regiões carentes e que concentram pouca oferta de água potável.

Fonte:  CicloVivo - Por Gabriel Felix

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios