Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

11 de mar de 2014

Bar feito de bambu é construído em meio a lago no Vietnã


O arquiteto Vo Trong Nghia construiu uma cúpula de bambu no centro de um lago na província de Binh Duong, no Vietnã. Nghia já é conhecido por suas estruturas usando bambu. Além de ser abundante na natureza, o material é leve, flexível e forte. O chamado “Wind and Water”, é um dos projetos arquitetônicos mais interessantes e bonitos criados por ele.


A estrutura mostra como o arquiteto usa o material barato e acessível em seu efeito máximo. O complexo de bambu, que possui formato de meia-lua, é resistente, flexível e usa a técnica passiva simples de aproveitar a luz e o vento a seu favor. 


O bar fica ao lado do restaurante Bambu Wing, também assinado pelo arquiteto (veja aqui). Caminhos de pedra ligam a margem do lago artificial ao estabelecimento, que é utilizado como local de apresentações de música, exposições culturais, encontros locais, entre outros eventos.


Um sistema de arco de bambu estrutural foi projetado para a cúpula, que possui dez metros de altura e 15 metros de circunferência. A estrutura principal foi feita por 48 unidades pré-fabricadas, cada uma delas feitas de vários elementos de bambu unidos.


Uma claraboia circular de 1,5 metros no centro da cobertura tem a função de expelir o ar quente do interior para fora, um método simples de ventilação.


O “Wind and Water” foi construído em 2008 por trabalhadores locais em um período de três meses e se destaca pela economia de energia tanto em sua construção como em sua utilização. Segundo o arquiteto, a obra “nasceu da natureza, vive em harmonia com a natureza e irá retornar para a natureza.”

Fonte: CicloVivo  Por: Mayra Rosa