Pular para o conteúdo principal

Sul-coreanos criam material eficiente que elimina poluição do ar


Um grupo de pesquisadores da Universidade Hanyang de Seul, na Coreia do Sul, criou um material capaz de absorver o dióxido de carbono e outros gases poluentes da atmosfera, de maneira eficiente e seletiva. Mediante ao uso do grafeno, uma das formas mais puras do carbono, os especialistas desenvolveram uma nova membrana, que permite a captação de diversos gases, separadamente.

O anúncio da criação do novo material foi realizado na última sexta-feira, pelo Ministério de Ciência da Coreia do Sul, que acredita que a nova técnica terá menores custos de uso do que as empregadas atualmente.

Durante as experiências, os cientistas alteraram o tamanho das moléculas utilizadas para capturar o dióxido de carbono – segundo informou a equipe, os polímeros usados nos dias de hoje conseguem evitar que o gás seja emitido na atmosfera e até controlar sua concentração, mas estes materiais ainda têm restrições para separar o CO2 de outros elementos mais difíceis de serem sintetizados – a exemplo do hidrogênio.

Em uma publicação sobre a nova alternativa de purificar o ar na revista norte-americana Science, os pesquisadores declararam que o método recém-criado tem como diferencial a difusão seletiva dos gases, devido ao tamanho das moléculas utilizadas no processo. Assim, o grupo afirmou que é possível controlar o fluxo de elementos durante a purificação do ar, por meio do empilhamento das camadas de grafeno.

Os responsáveis pelo novo mitigador de gases poluentes afirmaram que, em até três anos, a tecnologia chegará ao mercado. "Vamos realizar estudos e provas adicionais de eficiência para poder comercializar em breve esta tecnologia", disse o responsável pelo centro sul-coreano de pesquisa e desenvolvimento para a captura de carbono, Park Sang-do, em declarações à agência "Yonhap".Com informações da Exame.

Via: CicloVivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios