Pular para o conteúdo principal

Ilha que pertenceu a Marlon Brando terá hotel sustentável



A construção teve início em 2009 e a previsão é de que já seja inaugurada no próximo ano. | Foto: Divulgação
 
Uma ilha particular na Polinésia Francesa terá um hotel totalmente sustentável em 2013. O proprietário fará uma homenagem ao antigo dono, batizando o espaço de “The Brando”.

A ilha Tetiaroa pertenceu ao ator Marlon Brado, que tinha o sonho de transformá-la em um local sustentável, inclusive, com um hotel ecológico. O astro comprou a ilha enquanto filmava na região e, junto com sua esposa, construiu uma pousada. Entretanto, o projeto foi abandonado após sua filha, aos 25 anos, cometer suicídio.

Brando faleceu em 2004 e o arquiteto Harry Gesner resolveu levar o projeto do ator adiante e começou a planejar o eco resort. A construção teve início em 2009 e a previsão é de que já seja inaugurada no próximo ano.

Gesner é também presidente-executivo da empresa Tahiti Beachcomber SA e trabalhou com o ator nos anos que antecederam sua morte. "Marlon sempre achou que, mais do que qualquer outro povo do mundo, os polinésios têm uma maneira calma e bem humorada de viver. Ele sempre esperou que sua vida pudesse ser tão descomplicada quanto a deles, mas isso, infelizmente, não aconteceu", afirmou o arquiteto à agência Reuters.

O hotel terá 35 ecovilas que serão abastecidas por energia renovável. Parte dela será gerada por painéis solares e a restante contará com geradores movidos a óleo de coco.

Também será implantado um sistema de ar condicionado que utilizará da própria água do mar, captada em grande profundidade. Além disso, a construção segue padrões ecológicos exigidos pelo Green Building Council dos EUA (Conselho Americano de Construção Sustentável).

A ilha Tetiaroa fica próxima ao Taiti. É uma cadeia de 13 ilhas cercada por corais e pelo Oceano Índico. O governo local só liberou a construção de “The Brando”, após muitos anos de estudo sobre os impactos ambientais. Com informações da Exame e Terra.

Via: CicloVivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios