Pular para o conteúdo principal

Personal organizer dá dicas de como manter a casa arrumada


Num espaço grande é (relativamente) fácil organizar as coisas, mas, num ambiente pequeno, tudo fica mais difícil, não é? E se é impossível aumentar as medidas de sua casa, a saída é aproveitar cada centímetro que se tem, da forma mais funcional possível. Esse é o conceito básico da função de personal organizer, que Vera Corradi exerce há 15 anos. Também designer de interiores, ela oferece algumas dicas para quem quer ver os ambientes da casa mais arrumados.
(Foto: O Globo)
“É importante deixar os cômodos bonitos e funcionais. Não adianta nada ser agradável aos olhos, mas não ser prático”, explica ela. Para organizar uma casa, o importante é colocar os itens em categorias, identificá-los corretamente (em alguns casos, usando etiquetas) e descartar o que não está em uso ou não serve mais.
Confira, a seguir, algumas dicas da personal organizer para otimizar o espaço da sua casa:
COZINHA – Cada tipo de utensílio deve ter um lugar determinado. Se possível, a ideia é separar os utensílios por categorias: panelas, louças, cristais e eletrodomésticos. Para criar espaços, pode-se utilizar acessórios como aramados, embalagens organizadoras, meias-prateleiras, organizadores de xícaras, divisores de talheres e divisores para cadeiras. O que não é usado deve ser doado. Louças que só são usadas esporadicamente devem ser postas em embalagens organizadoras.
ARMÁRIO DE ROUPAS – As roupas devem ser separadas por cor, tamanho, tipo de peça e estação. A forma correta de dobrar as peças, uma a uma, permite que o espaço existente seja triplicado, além de evitar que as peças fiquem amassadas. As roupas de festa, por exemplo, podem ser guardadas numa caixa, pois serão procuradas esporadicamente. Sacos a vácuo também são soluções, especialmente para peças que não são utilizadas com muita frequência.
ESTANTES – Os livros, por exemplo, devem ser organizados por tema e por autor, nunca por tamanho. É natural que existam, na estante, livros mais “altos” e outros mais “baixos”. Não é necessário catalogá-los. Já os CDs podem ser organizados por tipo de música, artistas, gênero e, por fim, ordem alfabética.
BANHEIRO – Para o banheiro, uma dica: as toalhas de banho não devem ser passadas: elas ficam “endurecidas”, e o calor do ferro deixa nelas pontinhas de bolor. Existem embalagens organizadoras para elas.
QUARTO DE CRIANÇA – Os livros de criança, por exemplo, não devem ser colocados encaixados, como os de adulto, mas posicionados na prateleira em pé e de frente, porque as crianças escolhem pela capa, não pela lombada. Além disso, a prateleira deve ser da altura da criança, para que ela não precise subir em escadas para pegar livros, o que poderia provocar acidentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios

Telhado de Bambu

É muito resistente quando devidamente tratado, com uma estética linda e, não se utiliza só como cobertura, mas como vedação (paredes).  Quando os bambus não são tratados, o sol e a chuva os tornam fragilizados, criando fungos e ressecamento, a durabilidade é de uns 2 ou 3 anos, dependendo da região. Mas, se souber colher no dia certo (não caruncha e dura bastante) e aplicar um spray impermeável, a duração será muito maior que três anos *Dica:  - popularmente, a lua minguante (4ºdia) é conhecida como a melhor lua para se cortar os colmos (caule) de bambu.  - Use sulfato de cobre. Fonte: Brincadeira Sustentável