Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

20 de ago de 2011

Projeto para cidades às marges de rios e mares vence Oneprize 2011


O projeto prevê uma estrutura celular, de fácil instalação e manutenção
(crédito: Divulgação)
Num momento que as mega cidades do mundo estão buscando maneiras de atender às demandas para acomodar sua crescente população, ao mesmo tempo que precisam atender a demanda industrial por solo, dois arquitetos canadenses desenvolveram um plano que pode ser benéfico para todas as cidades que ergueram-se às margens dos oceanos ou rios. Chamado Parallel Networks (redes paralelas), o projeto foi vencedor no Oneprize 2011, um prêmio anual para promover projetos de cidades sustentáveis para o futuro.
O tema para o prêmio deste ano foi o de encontrar um design verde para Nova York e seus canais. Considerando que os recursos hídricos de Nova York são a principal fonte de conectividade entre as atividades econômicas, os arquitetos vencedores, Ali Fard e Ghazal Jafari, apresentaram um projeto que está em sincronia com o novo plano de desenvolvimento de cidades a beira-mar da rede Blue, que deverá ser concretizado até 2020. De acordo com o júri, o Parallel Networks não apenas sintetiza as necessidades econômicas, ambientais e de transportes das cidades, mas também oferece um plano para a recreação dos habitantes.
Toda a energia necessária seria eólica e a partir de biocombustíveis
(crédito: Divulgação)
Historicamente, as grandes cidades do mundo desenvolveram-se nas proximidades de um rio ou do mar. Elas compartilhavam uma relação simbiótica com esses corpos d'água, não apenas no acesso às fontes de água potável e para irrigação, mas também como vias para o comércio internacional, instrumento para a prosperidade das cidades e seus povos.  As cidades modernas também precisam evoluir no sentido de uma arquitetura que se integre à orla com planos de desenvolvimento e redefinição da relação entre homem e natureza.  Neste sentido, o Parallel Networks poderia ser um exemplo a seguir.
Parallel Networks
O Parallel Networks prevê uma infra-estrutura celular que pode ser de fácil implementação e manutenção, uma vez que cada célula pode ser removida separadamente ou reparada sem afetar o sistema inteiro. As células estão na forma de vagens flutuantes que promoveriam o crescimento com base nas necessidades ao longo de um determinado período de tempo. O principal local da NY Gaia seria localizado na parte superior da Baía de Nova York e produziria energia limpa através dos ventos e do biocombustível obtido a partir do cultivo de algas em larga escala.  Também apoiaria atividades relacionadas ao transporte marítimo através do desenvolvimento de recifes artificiais, alimentando outras indústrias de tecnologias limpas.
O projeto considera que o Bronx Blue Terminal, localizado na foz do rio Bronx, será um terminal das barcas, funcionando como ponto nodal de recreação, pesquisa e educação para toda a rede Blue. Ele também irá promover a preservação e regeneração do habitat.
Fonte:Oneprize                 Via: Portal E/A