Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

30 de abr de 2014

Como aproveitar o espaço sob as escadas com um jardim


Realçar o cantinho debaixo da escada com vasos ou com um pequeno jardim é uma excelente opção para quem deseja valorizar esse espaço e torná-lo mais sofisticado, para apreciação das visitas e para aumentar o bem-estar dos moradores. Especializada em Feng Shui e jardinagem orgânica, a paisagista Marizeth Estrela faz algumas recomendações para quem quer dar forma a essa ideia e acomodar um pequeno jardim sob as escadas.

O principal alerta está relacionado com a escolha das espécies a serem plantadas. As opções incluem pequenos arbustos, folhagens, trepadeiras, flores. “Deslocar vasos de outras áreas para esses cantinhos também é possível. O cuidado está apenas em considerar plantas de acordo com a luminosidade do espaço. A mudança brusca do tempo de exposição ao sol poderia causar dano à planta”, afirma a paisagista.

Entre as espécies que se adaptam bem a pouca luminosidade estão as dracenas, o pacova, as bromélias, zamioculcas, trevo-da-sorte, espada-cilíndrica, lírios-da-paz, palmeira Chamaedorea. “Os vasos permitem brincar com tamanhos, formas e cores, trazendo harmonia ao ambiente. Investir um pouco em iluminação indireta também irá diferenciar o ambiente e trazer conforto visual quando anoitecer.” Essa opção também permite acabamento com seixos, pedriscos brancos, entre outros materiais para finalização.

A opção de acomodar um jardim sob a escada, por sua vez, requer mais atenção. Nesse caso, será preciso construir um canteiro. O material - granito, mármore, cimento - pode ser escolhido de acordo com o gosto ou estilo do morador. “Essa opção exige um dreno para escoar a água da irrigação. Quem puder investir um pouco mais pode planejar um sistema de irrigação automático com timer. A iluminação pode ser com lâmpadas de led”, indica Marizeth. Segundo ela, é preciso tomar cuidado para não colocar lâmpadas que possam queimar as plantas. “As lâmpadas precisam ser específicas para iluminação de plantas.”

Para o plantio direto no canteiro, é preciso tomar o cuidado de cobrir completamente as raízes das plantas, não as deixando expostas.


Marizeth dá duas dicas de projetos. Em um deles, a paisagista prioriza o uso de vasos mais baixos, encobertos por pedriscos, luminárias e um trevo da sorte. Os vasos, em tom cobre, com pontos dourados na cor ouro, reluzem com a incidência de luz. Para o piso branco é usada uma manta bidin antes da colocação das pedras.

No outro, a paisagista usa a dinâmica para melhorar o Chi (energia) de entrada. São utilizadas plantas com folhagens vistosas, muitos cristais e madeira cajarana. As espécies que compõem o jardim sob as escadas são as ciclantus, o pacova e os lírios da paz.

A escada simbolizaria uma ligação entre dois níveis - a transição de um lugar para outro -, por isso um projeto para acomodar um jardim sob as escadas, segundo Marizeth, precisa levar em conta a energia de influência dos ambientes da casa. “O espaço requer atenção especial no processo de harmonização, por conduzir as pessoas a outro nível”. O jardim estabilizaria essa energia necessária sob as escadas transmitindo segurança aos moradores.


Fonte: Ciclo Vivo