Pular para o conteúdo principal

Em bairro suíço, moradores plantam o próprio alimento e compartilham com os vizinhos


Um lugar em que os jardins das casas da vizinhança foram transformados em hortas comunitárias, onde todos os vizinhos podem desfrutar dos alimentos colhidos nas plantações. Assim é a Avenida Crozet, em Genebra, na Suíça. Lá vigora, literalmente, a política da boa vizinhança.

Cada família planta determinado alimento no jardim de sua casa. Posteriormente, esses alimentos são trocados por outros, que são plantados em jardins vizinhos. Dessa forma, por meio da troca, o bairro se tornou uma grande horta comunitária que oferece alimentos para todos os seus moradores.

O conceito é antigo e foi criado pelo médico alemão Moritz Schreber, no século 19. No ano de 1864, durante uma campanha para aumentar o número de áreas de lazer para as crianças em alguns bairros de países na Europa, os espaços externos das casas começaram a ganhar outro uso. Foi nessas áreas que as famílias começaram a plantar e cultivar alimentos para seu próprio consumo. Mais tarde a ideia ganhou força e países como Áustria e Suíça também aderiram.

Atualmente, em alguns países europeus, a prática do cultivo do próprio alimento é protegida por lei. Em 2003, o governo russo assinou a Lei da Horta Privada, na qual, todo cidadão tem o direito à parcelas de terra para plantio totalmente de graça.

Será que aqui no Brasil isso funcionaria?

Fonte: EcoD

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt