Pular para o conteúdo principal

A sustentabilidade do canteiro na visão de cada metodologia BREEAM, HQE, H&E, GBToII, entre outras, estabelecem procedimentos

Bacia de sedimentação
(crédito: Petinelli)
- Redução da produção de resíduos – exigida apenas pela HQE e LEED for Homes, embora seja fundamental;

- Gerenciamento dos resíduos do canteiro – presente em todas as metodologias. Explicitam ou não aspectos com quantificação dos resíduos (BREEAM, HQE, H&E, GBToII), avaliação dos custos de destinação (H&E), definição de plano de gerenciamento dos resíduos ou a organização da triagem e da coleta (BREEAM, HQE, H&E, GBToII, LEED NC), qualidade da triagem (HQE), rastreabilidade dos resíduos transportados (HQE);

- Valorização da reciclagem e do reuso (CASBEE, H&E, GBToII, LEED NC), sendo que três se preocupam explicitamente com a origem da madeira usada nas construções temporárias;

- Limitação dos incômodos causados pelo canteiro (sonoras, visuais, etc.) (BREEAM,HQE, H&E);

- Limitação das poluições causadas pelo canteiro (solo, água, ar, etc.), incluindo exigências para a proteção do ecossistema local da obra e para se evitar erosões e assoreamentos (todas, exceto CASBEE);

- Limitação dos consumos de recursos demandados pelo canteiro (água e energia) (HQE);

- Criação de instrumentos gerenciais que minimizem os impactos – ideias complementares aparecem em quatro das metodologias: implementação de um Sistema de Gestão do Empreendimento (HQE); criação de um conjunto de procedimentos (mecanismo de comunicação com a vizinhança e de tratamento de queixas; contratação das construtoras levando em conta os aspectos ambientais; realização da etapa de preparação do canteiro e realização de balanço ambiental do canteiro ao final da obra) (H&E); implementação de medidas de controle da qualidade da construção (BREEAM, LEED).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos