Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

11 de out de 2013

Empresa que usa cana para fabricar plásticos é a mais sustentável do Brasil


Usar cana-de-açúcar para fabricar plásticos, levar a sério a importância de cada um de seus funcionários e adotar estratégias para a redução de carbono e reaproveitamento de resíduos foram as principais ações que fizeram a Braskem ser eleita como a empresa líder em desempenho frente às mudanças climáticas no Brasil em 2013. O anúncio foi realizado na última quarta-feira (9), durante o lançamento do relatório da ONG internacional CDP, divulgado em São Paulo.

Fundada em 2002, a empresa foi a única a alcançar desempenho exemplar entre as 100 participantes do relatório. Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, declarou ao CicloVivo que os investimentos em economia verde servem para aumentar os lucros da empresa, sem prejudicar o meio ambiente. “Promover a sustentabilidade empresarial não é um peso, muito pelo contrário: no âmbito corporativo, é mais uma oportunidade no desenvolvimento de negócios, diminuindo prejuízos e ampliando o campo de atuação da marca”, contou Soto.

Os plásticos com a certificação “I’m Green” mostram, na prática, o resultado dos esforços em sustentabilidade assumidos pela empresa com os consumidores. No entanto, introduzir o produto no mercado não foi tarefa fácil. “Um dos grandes desafios ainda é o envolvimento do consumidor. O cliente precisa querer produtos mais sustentáveis”, diz o representante da Braskem sobre os bioplásticos, que reduzem as emissões de carbono e são encontrados em vários produtos, como embalagens e até roupas.

Já nos prédios e unidades de produção, as medidas de sustentabilidade incluem mitigação de carbono e reaproveitamento de resíduos, prática que combateu de vez o desperdício nas fábricas – de acordo com o representante da empresa, mais de 500 milhões de reais foram economizados a partir da redução de riscos e perdas, que incluem resíduos, efluentes, emissões e consumo. “A gente contabiliza as nossas reduções de desperdícios: entre 2002 e 2012, reduzimos em 60% o volume de resíduos. Tudo isso é energia que você consome menos, ou lixo que deixa de ser jogado no meio ambiente”, explica Soto.

Valorizar equipe de funcionários também é uma das estratégias que garantiram o reconhecimento à Braskem. Assim, além de cumprir as premissas de sustentabilidade propostas no ambiente corporativo, os colaboradores também propõem novas soluções para o trabalho, que são incluídas no planejamento da empresa. Além disso, as pessoas que se destacam recebem incentivos. “Os funcionários são os protagonistas do aperfeiçoamento da empresa, e também passam a ser reconhecidos com remunerações quando essas melhorias são alcançadas”, finaliza.

Por Gabriel Felix – Via: CicloVivo