Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de ago de 2012

Ilha que pertenceu a Marlon Brando terá hotel sustentável



A construção teve início em 2009 e a previsão é de que já seja inaugurada no próximo ano. | Foto: Divulgação
 
Uma ilha particular na Polinésia Francesa terá um hotel totalmente sustentável em 2013. O proprietário fará uma homenagem ao antigo dono, batizando o espaço de “The Brando”.

A ilha Tetiaroa pertenceu ao ator Marlon Brado, que tinha o sonho de transformá-la em um local sustentável, inclusive, com um hotel ecológico. O astro comprou a ilha enquanto filmava na região e, junto com sua esposa, construiu uma pousada. Entretanto, o projeto foi abandonado após sua filha, aos 25 anos, cometer suicídio.

Brando faleceu em 2004 e o arquiteto Harry Gesner resolveu levar o projeto do ator adiante e começou a planejar o eco resort. A construção teve início em 2009 e a previsão é de que já seja inaugurada no próximo ano.

Gesner é também presidente-executivo da empresa Tahiti Beachcomber SA e trabalhou com o ator nos anos que antecederam sua morte. "Marlon sempre achou que, mais do que qualquer outro povo do mundo, os polinésios têm uma maneira calma e bem humorada de viver. Ele sempre esperou que sua vida pudesse ser tão descomplicada quanto a deles, mas isso, infelizmente, não aconteceu", afirmou o arquiteto à agência Reuters.

O hotel terá 35 ecovilas que serão abastecidas por energia renovável. Parte dela será gerada por painéis solares e a restante contará com geradores movidos a óleo de coco.

Também será implantado um sistema de ar condicionado que utilizará da própria água do mar, captada em grande profundidade. Além disso, a construção segue padrões ecológicos exigidos pelo Green Building Council dos EUA (Conselho Americano de Construção Sustentável).

A ilha Tetiaroa fica próxima ao Taiti. É uma cadeia de 13 ilhas cercada por corais e pelo Oceano Índico. O governo local só liberou a construção de “The Brando”, após muitos anos de estudo sobre os impactos ambientais. Com informações da Exame e Terra.

Via: CicloVivo