Pular para o conteúdo principal

Garrafa de cerveja vazia pode ser tocada como um vinil


A agência neozelandesa Shine Limited uniu reciclagem, música e tecnologia para criar a Beck’s Edison Bottle, uma garrafa de cerveja vazia capaz de gravar e reproduzir músicas em um tocador de discos. A técnica usada para executar sons por meio do resíduo é a mesma do vinil tradicional – assim, as informações da música ficam gravadas na superfície da garrafa, que seria jogada no lixo.

Os neozelandeses perceberam que poderiam utilizar o resíduo como um disco de vinil ao observar as semelhanças entre a garrafa e o fonógrafo cilíndrico – primeiro aparelho a gravar e reproduzir músicas no mundo, inventado por Thomas Edison. Para elaborar o equipamento de som, foram utilizadas ferramentas mais sofisticadas, e, de acordo com os críticos e designers, a vitrola feita com garrafa de vidro executa um som de boa qualidade.

Para criar o aparelho, os designers se basearam no contexto histórico – não apenas da marca de cervejas, mas também da invenção do fonógrafo cilíndrico. Durante a segunda metade do século XIX, Edison criou o aparelho nos EUA, na mesma época em que a Beck’s foi fundada na Alemanha.

Segundo o site Hypeness, durante a primeira apresentação do fonógrafo sustentável, foi executada a música “Here She Comes”, composta pela banda neozelandesa Ghost Wave. A má notícia é que o projeto foi apenas um experimento, e, pelo menos por enquanto, a Beck’s Edison Bottle não deverá ser comercializada em nenhuma parte do mundo.

As garrafas de vidro são um dos materiais mais procurados pelo radar da reciclagem – os materiais dão origem a copos, vasos e até mesmo talheres. No entanto, a produção de cervejas não é nada sustentável: uma pesquisa publicada no CicloVivo aponta que, em média, são necessários 115 litros de água para garantir cada litro da bebida.

Veja abaixo o vídeo da criação da vitrola com a garrafa de cerveja (em inglês):

Fonte: CicloVivo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios