Pular para o conteúdo principal

Calçada de borracha - Uma idéia genial!

Acaba com os problemas de estragar os saltos dos sapatos das mulheres, entre muitas outras vantagens como demonstrado abaixo.

Um problema corriqueiro, enfrentado tanto pelas administrações públicas como pelos moradores das médias e grandes cidades é a conservação das calçadas. O piso, geralmente feito de concreto, não resiste à raiz das arvores e, no final, quem perde essa luta é a planta, que acaba sendo cortada, prejudicando a qualidade de vida da comunidade.
Nos últimos anos, a saída tem sido substituir as árvores por espécies de menor porte, numa tentativa de evitar que as raízes danifiquem o passeio. O problema é que são justamente as grandes árvores que oferecem melhor conforto térmico, algo fundamental em regiões tropicais como a Baixada Santista.

Nos Estados Unidos, por outro lado, encontrou-se uma solução engenhosa e sustentável. Lá a empresa Rubbersidewalk desenvolveu placas para calçadas feitas com borracha de pneus reciclados.

Além de reaproveitar um insumo abundante (pneus), a calçada de borracha torna o pavimento mais aderente, reduz as vibrações (ruídos) e é confortável ao caminhar.

Além disso, o processo de encaixe entre uma placa e outra deixa pequenos espaços por onde a água pode escoar para o solo, permitindo que a planta ‘respire’ e se desenvolva, além de evitar a completa impermeabilização dos centros urbanos.

Ainda assim, caso a raiz cresça e levante a placa, é só retirá-la ou até mesmo cortá-la, o que permite, inclusive, cortar parte das raízes sem matar a árvore. Depois, é só recolar a placa.

Nos últimos anos, além do piso feito com borracha de pneus, a Rubbersidewalk também criou placas feitas com diferentes tipos de plásticos. Tudo devidamente reciclado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios