Pular para o conteúdo principal

Carregador Universal promete carregar seus gadgets com o mínimo impacto ambiental

Carregadores, cada vez temos mais deles. E, além de ser muito chato ter que carregar vários desses para cima e para baixo, os mais ecologicamente conscientes já devem ter imaginado a quantidade de lixo eletrônico que esse monte de carregadores deve gerar.É aí que entra o novo carregador universal da Idapt. O objetivo dele é ter uma abordagem mais verde quanto a todo esse processo.
Para começar, é um carregador universal, o que já reduz a geração de todo aquele lixo eletrônico que comentamos no parágrafo anterior. Mais do que isso, ele apresenta — além de uma porta USB —  um sistema de pontas intercambiáveis que permite que uma nova ponta seja trocada para o caso de um novo gadget com uma conexão com o carregador diferente.
Idapt i1 Eco se diz compatível com “mais de  4 mil diferentes dispositivos, incluindo o iPad, iPhone, BlackBerry, Nintendo PSP [sic], controles de Xbox, sistemas de GPS e dispositivos Bluetooth”. Com o sistema de pontas intercambiáveis, virtualmente qualquer aparelho poderia ser adaptado ao carregador com um pequeno conector apenas.

Além disso o Eco é feito de materiais reciclados e é projetado para ter sua própria reciclagem otimizada — até a tinta utilizada na pintura evita alguns compostos que iriam prejudicar a reciclagem.
Para fechar a lista de funcionalidades e características “verdes”, o Eco também conta com um sistema de auto-desligamento que desativa o carregador automaticamente quando ele não está trabalhando — e um botão para reativá-lo manualmente quando necessário.
O carregador universal pode ser usado normalmente na tomada ou no carro, por meio do adaptador incluso. Ele estará disponível no próximo outono.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios