Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

22 de ago de 2015

Estrada que carrega carros elétricos está em teste no Reino Unido


estrada-eletrica-ecod.jpg

Imagens: Bored Panda

Enquanto o Brasil possui atualmente apenas cerca de três mil veículos elétricos em circulação (0,04% da frota mundial), segundo dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), esses automóveis menos poluentes são cada vez mais comuns em países como Japão, Estados Unidos e Reino Unido.
O problema é que recarregar as baterias dos carros elétricos ainda é um problema, primeiro porque as estações de recarga muitas vezes estão muito distantes umas das outras e, além disso, esses veículos demandam algum tempo para serem recarregados.

uk2-ecod.jpg

Ao pensar nesses fatores, a organização Highways England se propôs a implementar uma tecnologia capaz de permitir que usuários de carros elétricos não precisem parar para abastecer os veículos. Para que o sistema funcione, os automóveis seriam equipados com sistema wireless e poderiam trafegar em estradas especiais. Nestas áreas, haverá fios elétricos enterrados sob a estrada gerando campos eletromagnéticos que são capturados por uma bobina dentro do veículo e convertidos em eletricidade.
Por enquanto, a tecnologia será implementada como um teste durante 18 meses. Depois desse período será avaliada a necessidade de expandir o projeto para as vias públicas do país, informou o portal Bored Panda. O mesmo sistema foi instalado anteriormente na cidade sul-coreana de Gumi, o qual permitia que ônibus especiais fossem carregados durante um trajeto de 12 quilômetros.
Fonte: EcoD