Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

8 de jan de 2015

Brasileiros criam eletrodoméstico para o plantio de hortas em locais fechados


Você já imaginou ter uma horta altamente tecnológica? Pode parecer estranho, mas esta é a melhor definição para o Plantário. Criado por três engenheiros brasileiros, o sistema é uma espécie de eletrodoméstico que recria o ambiente natural e permite a produção de vegetais orgânicos dentro de qualquer residência.

O sistema é totalmente automático. Para chegar ao modelo ideal, os amigos Bernardo Mattioda, George Haeffner e Thomas Kollman investiram horas de trabalho e pesquisa, além de R$ 500 mil. A ideia surgiu ainda na faculdade e hoje eles trabalham exclusivamente neste produto.

O Plantário possui pequenas dimensões. São 45 cm de largura, 49 cm de profundidade e 73 cm de altura. Por seu tamanho, ele pode ser instalado até mesmo em residências pequenas. Considerado um eletrodoméstico, ele possui sistemas de iluminação, irrigação e ventilação.


Ventiladores silenciosos mantêm o ar interno sempre fresco, ao mesmo tempo em que as lâmpadas de LED garantem a iluminação e bombas com sensores liberam apenas a quantidade de água necessária para o crescimento ideal dos alimentos cultivados.


Em cada um dos equipamentos é possível cultivar até nove espécies, cada uma em um vaso individual. O único esforço necessário é com a escolha dos alimentos e a colocação das sementes, já que os recipientes vêm com o substrato orgânico pronto. Depois disso, o usuário precisa apenas conectá-lo à rede elétrica e todo o restante será feito automaticamente.

O produto está à venda em uma loja física em Porto Alegre, mas também é comercializado pelo site da empresa. Clique aqui e saiba mais.

Fonte: CicloVivo