Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

1 de jan de 2015

6 casas brasileiras sustentáveis que fizeram sucesso em 2014


Os conceitos de sustentabilidade estão cada vez mais atrelados aos projetos arquitetônicos. Em 2014 o CicloVivo mostrou que muitos brasileiros têm levado isso a sério. Por isso, preparamos uma lista com as construções sustentáveis que mais fizeram sucesso neste ano, as ideias vão desde itens simples, como moradias feiras com garrafas PET, até o reaproveitamento de contêineres. 

Pedreiro usa 11 mil garrafas PET para construir sua própria casa em MG

Foto: Arquivo Pessoal/Ed Mauro Aparecido Morbidelli

Localizada em Extrema, cidade mineira próximo à divisa com São Paulo, a residência possui cem metros quadrados e tem as suas principais paredes fabricadas com uma base que mescla garrafas plásticas cheias de terra, terra e cimento. O responsável pelo projeto e construção foi o pedreiro Ed Mauro Morbidelli. Esta técnica evitou que 11 mil garrafas plásticas fossem descartadas e ajudou a substituir outros tipos de materiais tradicionais à construção civil. Veja todos os detalhes aqui.

Arquiteta paulista reaproveita contêineres para construir casa e escritório


Morar em um contêiner pode soar estranho para algumas pessoas. Mas, a arquiteta paulista Carla Prado Dadazio mostra que a opção é eficiente, econômica, sustentável e, acima de tudo, confortável. Para comprovar isso ela construiu a sua própria casa e seu escritório em contêineres reaproveitados. Construir com esses materiais reaproveitados é mais econômico em todos os sentidos. Carla levou apenas dois meses para ter a residência e o escritório prontos. Além disso, a obra ficou orçada em R$ 60 mil, uma economia que beira 20 a 30% o valor de uma construção tradicional. Veja todos os detalhes aqui.

Casa sustentável em SP produz toda a energia que consome


A Casa_63, localizada em São José dos Campos, interior de São Paulo, é a primeira da região do Vale do Paraíba a gerar energia solar num sistema integrado à rede concessionária.

Idealizado pelo escritório Civitas do engenheiro civil Daniel Secches, o projeto possui sete painéis solares fotovoltaicos que geram cerca de 200 kwh/mês, suficiente para o consumo de uma família de quatro pessoas. Veja todos os detalhes aqui.

Paranaense projeta sua própria casa-contêiner e ideia vira negócio

Fotos: Divulgação

Inspirada em um modelo de construção que já é comum no exterior, a paranaense Eloisa Moretti e o marido decidiram inovar quando foram construir uma casa para passar as férias. Assim, eles projetaram uma casa-contêiner.

Em apenas 45 dias, o contêiner, que antes fora descartado, se transformou em uma casa totalmente pronta e, inclusive, mobiliada. A moradia conta com dois quartos, banheiro, cozinha, sala e oferece as mesmas funcionalidades de uma residência tradicional. Veja todos os detalhes aqui.

Com construção alternativa, casa no litoral de SP é a primeira certificada no Brasil

Foto: Divulgação

Localizada em Maresias, no litoral de São Paulo, a residência é de alto padrão e possui 1.880 m² de área construída. No entanto, seu principal diferencial é a utilização de Painéis de Argamassa Armada com miolo de Poliestireno Expandido (EPS), que substituem as paredes tradicionais de concreto ou tijolo.

As placas são feitas de poliestireno expandido, tela de aço e argamassa. Ao contrário do que possa se pensar, este é um sistema altamente resistente, criado para suportar terremotos e furacões. Além disso, ele praticamente não deixa resíduos na obra, fator essencial para garantir a sustentabilidade de um projeto. Veja todos os detalhes aqui.

Estudantes brasileiros constroem casa de garrafa PET

Fotos: Divulgação/3M

O projeto CASA PET foi desenvolvido por um grupo de estudantes da FATEC Presidente Prudente, no interior de São Paulo. O trabalho é semelhante ao de Morbidelli e resultou na construção de uma pequena casa de 24 metros quadrados. O projeto custou 30 mil reais e utilizou quatro mil garrafas PET. Veja todos os detalhes aqui.

Fonte: CicloVivo