Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

31 de jan de 2012

Google mostra como são construídas as sedes sustentáveis da empresa



capa.jpg
Parece que o Google está mesmo disposta a se torna uma empresa sustentável. Tanto que, na última semana, o responsável pelos projetos verdes do Google, Anthony Ravitz, publicou no blog oficial da multinacional um vídeo contando como são pensadas e construídas as sedes sustentáveis da empresa.
Ravitz conta que o conceito de sustentabilidade começa ainda na escolha do edifício, já que o grupo prefere reformar um prédio existente em vez de derrubar a estrutura e construir uma sede totalmente nova. As plantas também são flexíveis e os espaços podem ganhar diferentes funções, de acordo com a necessidade.
Segundo Ravitz, do conceito, passando pelo design, construção e operação, tudo é feito para que os prédios funcionem como sistemas vivos e naturais, com otimização do acesso à natureza, ao ar limpo e à luz natural.
“Quando se trata de tornar nosso escritório mais verde, nós aplicamos o mesmo foco que usamos em todos os nossos produtos: colocar o usuário em primeiro lugar. Nós queremos criar o ambiente de trabalho mais saudável possível, onde os Googlers possam prosperar e inovar.” – Anthony Ravitz
O grupo também evita utilizar produtos que contenham materiais com compostos orgânicos voláteis (COV) ou com substâncias tóxicas para a saúde humana. Até sistemas de filtragem de ar de dois estágios são utilizados para eliminar os vestígios de COV e garantir que tintas, mobiliários e carpetes não sejam danosos à saúde dos Googlers.
Para reduzir os impactos ao meio ambiente, o Google investe em sistemas de aquecimento e refrigeração mais eficientes, além de projetos de captação de energia alternativa, como a instalação de painéis solar. Já os empregados participam de um programa de “competição saudável”, batizado de Exercício Sustentável do Google, cujo objetivo é fazer com que eles desenvolvam áreas de limpeza, uso eficiente de água e estratégias inovadoras de gestão de resíduos.
A água dos chuveiros e torneiras, que já possuem sistemas de eficiência de consumo, é reutilizada em um sistema de tratamento, e depois segue para as descargas dos toaletes. Já o aquecimento é feito através de um sistema de aquecimento solar.
Fonte: Portal EcoD     Via: IBahia